Cultura | 16-01-2024 10:21

Gastronomia indiana apimenta pratos ao gosto dos portugueses

Gastronomia indiana apimenta pratos ao gosto dos portugueses

Celebra-se esta terça-feira, 16 de Janeiro, o dia Internacional da comida picante. Pratos confeccionados com chili ou malaguetas podem ser um verdadeiro prazer para o paladar de uns e um autêntico sofrimento para outros. Rajesh Thammishetty, dono do restaurante indiano Rasoi, em Alverca do Ribatejo, diz que os portugueses são equilibrados e preferem comida pouco picante.

Atribui-se à comida picante propriedades afrodisíacas, capaz de aumentar o fluxo sanguíneo ou acelerar o metabolismo. Mas a verdade é que um prato confeccionado com malaguetas não agrada a qualquer boca.

Ao restaurante indiano Rasoi, em Alverca do Ribatejo, chegam clientes que pedem dose extra de picante outros que pedem sem nenhum. Mas a maioria das pessoas escolhe pratos meio picantes, toleráveis. “Adapto o picante ao gosto dos clientes. Usamos imensas especiarias nos nossos pratos mas nem todos são picantes. O que mais usamos são as malaguetas em pó e às vezes malaguetas frescas verdes e vermelhas”, conta Rajesh Thammishetty, dono do Rasoi.

O picante pode ser um prazer para quem gosta ou um sofrimento para quem não é apreciador. Segundo Rajesh Thammishetty o picante dos pratos indianos não altera o sabor dos alimentos. “Não é como o molho picante de compra que tem químicos e que queimamos a boca. Esses tiram o sabor à comida. Os nossos pratos preservam o sabor”.

*Para ler na íntegra na edição impressa de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo