Cultura | 03-02-2024 18:00

Thomar Honoris dedica-se a preservar a história e património templário

Thomar Honoris é uma associação que se dedica ao estudo e prática das artes históricas, como a dança e a esgrima, para preservar a história e património templário. Mais de uma centena de participantes já percorrem o país com recriações históricas em feiras medievais. Solidariedade e inclusão são também acções que caracterizam a associação.

Há quase uma década, cinco homens encontraram-se para aprender esgrima para a Festa Templária, em Tomar. Da aventura despertou o gosto pelas artes históricas e surgiu a Thomar Honoris, uma associação sem fins lucrativos, sedeada em Tomar, reconhecida a nível nacional. A associação dedica-se ao estudo, prática, representação e preservação de artes históricas e do património, incluindo uma componente de solidariedade e responsabilidade social.
Entre as várias actividades desenvolvidas pela associação, destacam-se a esgrima histórica, arco e besta histórica e danças históricas, abrangidas nos vários departamentos, nomeadamente a Academia de Armas, Academia de Arco Histórico, Academia de Artes Históricas, Academia de Ofícios Históricos e Academia de Artes de Combate. Foi feita uma recolha etnográfica e houve muitas horas de estudo para que os antepassados sejam fielmente representados. Os trajes da época são feitos por uma costureira local. As armas vêm do estrangeiro. Participam em feiras medievais por todo o país e em Espanha, recriando uma “aldeia histórica” através dos trajes e actividades, mas também dos ofícios como a cozinha, a oficina do ferreiro, a carpintaria, entre outras.
A associação conta com 170 participantes. Desde a fundação que a Thomar Honoris tem a preocupação de manter um compromisso com o serviço social, destinando verbas a instituições locais para ajudar o próximo, preservando o património promovendo a educação histórica e através da inclusão social acolhendo todos os que queiram juntar-se à associação. “Aceitamos todas as pessoas. Já tivemos toxicodependentes, esquizofrénicos, pessoas com multideficiências e problemas mentais”, explica Filipe Pires, presidente da Thomar Honoris e técnico superior de intervenção social.
O dirigente sublinha que a empatia gerada pelos benefícios oferecidos aos sócios, a componente solidária e a envolvência em actividades sociais são as razões para conseguirem envolver a comunidade. O Município de Tomar é destacado como um parceiro fundamental através do apoio ao associativismo e solicitando a presença em vários eventos. A aquisição de material e trajes e as dificuldades de transporte são os maiores desafios da associação que tem crescido e sido reconhecida por todo o país com um trabalho de rigor. A constante reinvenção é mencionada como essencial para manter a vitalidade da associação. A Thomar Honoris ambiciona obter o estatuto de utilidade pública, consolidar a sua posição a nível desportivo e envolver-se em novos projectos sociais e educativos.

As aulas de esgrima histórica
O MIRANTE foi assistir a uma aula de esgrima histórica, que ocorre às quartas-feiras. O departamento da Academia de Armas conta com quase 20 participantes, entre os 15 e os 48 anos, que começam pelo aquecimento, fazem a saudação ao hino templário, apresentam as armas e fazem uma demonstração de treino de templários. Patrícia Graça é a aluna mais nova, mas está na associação desde a sua fundação, tendo começado por influência do pai na esgrima, que também pertence à direcção da associação. Participa também na dança e no arco histórico. Conhece “todos os cantos da associação”, sendo já responsável pelo departamento de dança infantil e iniciados, transmitindo o espírito da associação às crianças. As actividades em que participa são uma forma de libertar as frustrações e desafios do quotidiano, apesar dos seus objectivos passarem por evoluir os movimentos, participar em feiras por todo o país, sem esquecer o desejo de um dia participar em competições.

O grupo de esgrima histórica tem captado cada vez mais praticantes

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo