Cultura | 10-02-2024 10:00

O grande momento do ano em Alqueidão do Rei é a Festa em Honra de Nossa Senhora da Esperança

O grande momento do ano em Alqueidão do Rei é a Festa em Honra de Nossa Senhora da Esperança
Licínio Santos e Cristiana Santos destacam um balanço positivo do último ano de actividade da associação

O MIRANTE esteve à conversa com a Associação Recreativa e Cultural de Alqueidão do Rei, na freguesia de Alcanede, que trabalha para dar ao povo momentos de lazer e divertimento. Com cerca de duas dezenas de elementos, a colectividade diz que precisa de sangue novo para criar novas dinâmicas.

A Associação Recreativa e Cultural de Alqueidão do Rei, na freguesia de Alcanede, concelho de Santarém, foi fundada oficialmente em 1991. No entanto, os festejos em honra de Nossa Senhora da Esperança, o grande evento da associação, decorrem desde a década de 80, época da inauguração da capela de Alqueidão do Rei. O evento que decorre no segundo fim-de-semana de Julho é preparado com bastante antecedência e recebe gente de várias localidades do concelho.
O MIRANTE esteve à conversa com Licínio Santos, presidente da direcção da associação, e a filha Cristiana Santos, secretária da direcção com sede na rua da Capela, em Alqueidão do Rei. Para Cristiana Santos, de 23 anos, a colectividade tem como principal missão criar dinâmica na localidade, incentivando os jovens a participarem activamente na organização de eventos. Dar continuidade à entrega e dedicação das anteriores direcções também é o objectivo. Entre os fundadores da associação estão António Quitério, Amândio Quitério e Manuel Carreira.
A Festa das Contas, onde se apresenta à população os resultados financeiros dos eventos realizados ao longo do ano, e o primeiro Festival de Sopas, fizeram parte da programação no ano transacto. Numa moldura no bar da sede está o cartaz dos festejos em Honra de Nossa Senhora da Esperança, padroeira de Alqueidão do Rei. “O grande momento do ano da nossa associação é a festa. Temos de fazer tudo para nunca a deixar morrer”, diz Cristiana Santos, licenciada em Comunicação e Media pelo Instituto Politécnico de Leiria.
O balanço do ano de 2023 é, segundo a secretária da direcção, muito positivo não tendo havido prejuízo em nenhum evento. Questionada sobre dificuldades que a associação enfrenta, Cristiana Santos aponta para a necessidade de haver sangue novo nos seus elementos. Licínio Santos, de 43 anos, natural de Marvila, é camionista de profissão e esteve 18 anos nos Bombeiros Voluntários de Alcanede. A vontade de ser activo e útil à sociedade são as duas principais razões para ter aceitado o desafio de presidir à Associação Recreativa e Cultural de Alqueidão do Rei, que conta com cerca de duas dezenas de elementos. A associação também participa no desfile de Carnaval de Rio Maior e no de Santarém e o seu recinto serve também de espaço para baptizados e festas de aniversário.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo