Cultura | 13-02-2024 12:07

Cabana dos Parodiantes em Salvaterra fecha portas ao fim de meio século

Cabana dos Parodiantes em Salvaterra fecha portas ao fim de meio século
Foto DR

A Cabana dos Parodiantes, na Avenida Dr. Roberto Ferreira Fonseca em Salvaterra de Magos, cessou a sua actividade. A Cabana dos Parodiantes era o único local onde se produziam os pastéis regionais denominados de "Barretes".

A Cabana dos Parodiantes, fundado em homenagem aos Parodiantes de Lisboa, fechou ao fim de 50 anos de actividade. A 27 de Dezembro de 1973 nasceu um projecto que mudou a vida de Salvaterra de Magos e do Ribatejo. Era da Avenida Dr. Roberto Ferreira Fonseca que saíam os pastéis de laranja, amêndoa, ovos e açúcar vulgarmente conhecidos por "Barretes".

A história da rádio e do humor em Portugal está intimamente ligada aos Parodiantes de Lisboa e aos irmãos José e Rui Andrade, naturais de Salvaterra de Magos e membros do grupo que animou a rádio durante 50 anos. Em 1973 remodelaram a pastelaria "Sol da Lezíria", que era dos pais, e onde já se fabricavam os pastéis desde 1946, e deram o nome "Cabana dos Parodiantes", tendo os pastéis passado a ser os "Barretes". Um outro descendente da família, Fernando Andrade, esteve à frente do negócio até falecer em 2019, aos 54 anos. Fernando Andrade era conhecido por organizar várias tertúlias culturais onde reunia clientes e amigos. A Cabana dos Parodiantes estava agora entregue à irmã e ao companheiro.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo