Cultura | 09-03-2024 12:00

Torres Novas com concertos e programação cultural dedicada ao 25 de Abril

Para comemorar os 50 anos da Revolução dos Cravos, o município de Torres Novas vai promover uma série de espectáculos com entrada gratuita durante o mês de abril.

A programação do Teatro Virgínia, em Torres Novas, vai dedicar especial atenção ao 25 de Abril no segundo trimestre do ano com espectáculos gratuitos e concertos de Moonspell e Capitão Fausto, entre outros. “Para comemorar os 50 anos da Revolução dos Cravos”, o Teatro Virgínia apresenta "Canções para Sempre", com o grupo Xambra, a 19 de Abril, La Fontinha com "Canções de Luta, Canções do Mundo", a 24 de Abril, Júlio Resende com "Filhos da Revolução", a 25 de Abril, e o Choral Phydellius com o espectáculo "25 de Abril, 50 anos", a 26 de Abril, na Sociedade Musical União e Trabalho, em Lapas, e a 22 de Junho no Páteo da Rita Ferreira, em Alcorochel, informa o município torrejano, dando conta de que “todos estes espectáculos têm entrada gratuita”.

A nova temporada inicia-se a 2 de Abril, com "BlackBox", um “projecto de criação coreográfica de e para jovens alunos” da escola O Corpo da Dança, com “criação e produção de obras inéditas”, com a Buffalo Suzuki Strings Friendship Touring Ensemble a apresentar no dia seguinte um espectáculo que contará com a participação de alunos de cordas de arco do Conservatório de Música do Choral Phydellius. Segue-se, a 5 e 6 de Abril, a comédia "Trair e coçar é só começar", interpretada por José Raposo, com o concerto "Soombra", a faceta acústica dos Moonspell, a decorrer dia 13 de Abril.

Pelo meio, a 20 de Abril, Bruna Carvalho leva a Torres Novas o trabalho "Dissolução", espectáculo multidisciplinar que "trabalha no cruzamento de diversas linguagens artísticas" como a dança, performance, música, composição de bandas sonoras, imagem, escrita e fotografia. Segue-se, a 30 de Abril, Mano a Mano, dupla de guitarristas madeirenses, de onda jazzística, para celebrar o primeiro aniversário da requalificação da Central do Caldeirão.

A programação do Virgínia inicia o mês de Maio com a sessão de cinema "Improváveis de Costas Voltadas", no âmbito do espectáculo "Terminal (O Estado do Mundo)", um documentário que reúne uma coleção de "encontros às cegas" entre "pessoas que dificilmente se encontrariam para uma conversa", e a quem são lançadas questões sobre a vida e o mundo. No dia 10 de Maio, os Capitão Fausto sobem ao palco do Virgínia com o concerto "Subida Infinita", nome do quinto álbum da banda e que marca o último com a formação original em quinteto.

No dia 12, a Igreja de São Sebastião, em Zibreira, recebe um tributo a Sebastian Bach e, no dia 17, sobe ao palco do Teatro Virgínia "descobri-quê?", de Cátia Pinheiro, Dori Nigro e José Nunes. No dia 18 de Maio, o Palácio dos Desporto acolhe "Cinema em concerto", com a orquestra Alma Mater e os coros Choral Phydellius e Spatium Vocale a acompanharem ao vivo a projecção de "filmes icónicos". A 25 de Maio, o Atelier Teatral dos Miúdos estreia a peça "Fingir de morte".

Destaque ainda, no âmbito do Lab Criativo, para a oficina de dança "Partes sensíveis", com David Marques e Nuno Pinheiro, a 29 de Abril, e o ensaio aberto do espectáculo "Cerco de Diu", dia 8 de Maio. Os bilhetes estão à venda na bilheteira local e nos pontos aderentes Fnac e Worten e online em bol.pt.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo