Cultura | 28-03-2024 12:00

Eugénio de Almeida e Gustavo de Jesus vencem prémio Alves Redol em Vila Franca de Xira

Obras "Fractais Dispersos" e "Bacalhau Verde" venceram a nona edição do prémio literário que honra a memória de um dos maiores escritores neo-realistas do país.

A obra “Fractais Dispersos”, de Eugénio de Almeida e “Bacalhau verde”, de Gustavo de Jesus, são os vencedores da edição deste ano do prémio literário Alves Redol, instituído pelo município de Vila Franca de Xira. As obras venceram os prémios nas categorias de conto e romance, respectivamente.

Os jurados destacaram a originalidade e o impacto emocional das obras vencedoras, ressalvando a criatividade linguística do conto e a profundidade social e humana do romance. Além dos premiados, nesta nona edição do prémio foram atribuídas menções honrosas na categoria de “Conto” à obra “Márrio-Riomar”, de Eltânia André, e, na categoria de “Romance”, à obra “Teoria das Catástrofes Elementares”, de Rita Rocha.

A cerimónia de entrega de prémios está agendada para 21 de Abril, Dia Mundial do Livro e do Autor, às 16h00, na Fábrica das Palavras. Este ano o concurso literário contou com uma participação de 101 trabalhos submetidos a concurso. O júri foi composto por Sérgio Mangas, em representação do município, Manuel Frias Martins, da Associação Portuguesa de Críticos Literários e Ana Cristina Silva, escritora e professora universitária.

O prémio literário Alves Redol visa homenagear aquele que foi um dos maiores nomes portugueses da literatura neo-realista e, dessa forma, divulgar novos autores e talentos.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1659
    10-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1659
    10-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo