Cultura | 08-04-2024 12:00

Festa do Vinho e da Vila em Alcanhões é uma demonstração da força das tradições locais

Festa do Vinho e da Vila em Alcanhões é uma demonstração da força das tradições locais
Festa do Vinho e da Vila em Alcanhões regressou à vila do concelho de Santarém e recebeu milhares de visitantes

A Junta de Freguesia de Alcanhões e a comissão de festas organizaram mais uma edição da Festa do Vinho e da Vila contando com a ajuda de dezenas de voluntários. O ponto forte da festa foi a Rota das Adegas que contou com a presença de mais de um milhar de pessoas.

A Festa do Vinho e da Vila em Alcanhões, concelho de Santarém, teve como ponto alto a Rota das Adegas, numa iniciativa que terminou no dia 24 de Março na Casa das Colectividades. Organizada pela junta de freguesia e pela comissão de festas, o certame é um ponto de encontro da comunidade e conta com a ajuda de várias dezenas de voluntários. Todos os lucros da festa são para investir no edifício onde a mesma se realiza, refere Pedro Mena Esteves, presidente da junta. Segundo o autarca estiveram cerca de 1.500 pessoas na Rota das Adegas. “Pretendemos fazer de Alcanhões uma referência na produção de vinho”, afirmou a O MIRANTE, acrescentando que o trajecto deu a conhecer as pequenas adegas dos produtores locais.
Luís Justino, 47 anos, tesoureiro da junta de freguesia, contou que uma das novidades introduzidas na roda foi o uso de um tractor com reboque que ia passando pelas adegas onde o vinho do produtor era colocado à disposição. O ex-presidente da junta é bastante activo na freguesia e iniciou-se no associativismo há cerca de duas décadas. “É a freguesia que escolhi para criar a minha família. É a freguesia dos meus avós e sinto orgulho por fazer parte das minhas raízes”, afirmou.

A comissão de festas da vila de Alcanhões
Carlos Domingos da Silva, 53 anos, é o presidente da Comissão de Festas da Vila de Alcanhões, constituída em 2023, e revela que um dos grandes objectivos é requalificar a Casa das Colectividades. Natural de Alcanhões, diz ter proximidade com a população local uma vez que esteve vários anos na Associação Popular de Alcanhões como dirigente. A preparação da edição da festa de 2024 durou aproximadamente seis meses, revela. Na inauguração da festa, a 22 de Março, foi realizado um cortejo que teve a participação da população local e onde crianças da escola EB 1 e do jardim-de-infância participaram com trajes tradicionais, um exemplo do trabalho realizado para cativar os mais jovens a participar na iniciativa. Também integraram o cortejo associações e instituições de Alcanhões, que a 21 de Março celebrou 96 anos de elevação a vila.

Presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves (ao centro), participou na Rota das Adegas que percorreu as oito adegas dos produtores aderente

Alcanhões festejou o vinho e a vila

A Rota das Adegas percorreu as oito adegas dos produtores aderentes. Acompanhados por um kit que incluía uma bolsa, um copo para a prova dos vinhos e uma pulseira que permitia o acesso às adegas, os participantes saíram do Largo do Arneiro, junto à Sede da Junta de Freguesia de Alcanhões, com os grupos de tocadores e dos ranchos folclóricos de Alcanhões e do Alto Minho, para efectuaram as provas dos vinhos brancos e tintos. Os vinhos foram analisados por um júri constituído por enólogos que provaram e avaliaram os vinhos dos oito produtores a concurso. O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, felicitou a organização da iniciativa “que ano após ano, demonstra mais qualidade, nesta vila vinhateira do Ribatejo e em que este ano, esta iniciativa integra o programa da Cidade do Vinho, em que Santarém partilha desta distinção com os três concelhos de Alpiarça, Almeirim e Cartaxo.”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo