Cultura | 09-04-2024 15:00

Galeria de Pedro Jaime Vasconcelos em VFX permuta artistas para os divulgar

Objectivo da nova mostra inaugurada em duas galerias de arte é, segundo Pedro Jaime Vasconcelos, vencer a distância entre Lisboa e Vila Franca de Xira, cidade que quer meter no mapa mundial da arte.

Duas galerias de arte de Lisboa e Vila Franca de Xira vão realizar uma permuta de artistas inaugurando duas exposições diferentes em ambas as cidades para divulgar a obra de diversos artistas.

A primeira mostra inaugurou na última semana na Galeria Sá da Costa em Lisboa com obras de 12 artistas escolhidos pelo galerista e coleccionador Pedro Jaime Vasconcelos. Em exposição estão trabalhos de Carlos Vidal, Francisca Sandmann e Inês Carrelhas, juntamente com outras obras de Amanda Mouseler, António Vidigal, Marija Toskovic, Paulo BarCa, Pedro Amaro, Severine Loisel, Stela Kaz, Tanya Fryer e Teresa Lacerda.

Depois, em Junho, vai inaugurar em Vila Franca de Xira, na galeria de Pedro Jaime Vasconcelos (PJV Art Gallery) a exposição com artistas escolhidos por José Sousa Machado, director da galeria Sá da Costa. A “permuta de artistas e de espaços” tem como objectivo “ajudar a vencer a distância entre as duas cidades", Lisboa e Vila Franca de Xira, segundo Pedro Jaime Vasconcelos. O galerista vilafranquense já organizou várias exposições, entre elas “1613 - Armas e Artefactos de Timor”, no Centro Cultural de Belém (2006), e foi curador das exposições "Correspondências - Cruzeiro Seixas” (2019), “Homenagem a Eduardo Nery" (2020) e “Lurçat-Mategót-Lacerda” (2022), na Galeria Tapeçarias de Portalegre.

Começou com Fernando Moncada a recolher arte africana por Lisboa, criou com uns amigos a Galeria Bica dos Olhos - Artigos Etnográficos, viajou pelo Zaire e quando voltou, organizou em Lisboa com Nair Marques da Silva em 1990, o primeiro leilão temático de Arte Africana. Colaborou com Maria Nobre Franco na Galeria Valentim de Carvalho e com Moira Forjaz na Galeria Moira. Foi assistente de Margot Dias na identificação de peças Maconde. Viajou pela índia e Indonesia. Escreveu três livros, organizou várias exposições e começou a colaborar com a Manufactura de Tapeçarias de Portalegre (MTP) em 2017. Pedro Jaime Vasconcelos foi também co-fundador do projecto WineArt e da Galeria do Pé de Ferro, especializada em tapeçarias de Portalegre.

Em Setembro do ano passado a sua galeria foi palco para uma mostra solidária no âmbito do projecto 4as4H, um programa de terapia pela arte.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo