Cultura | 11-04-2024 07:00

Galeria de Pedro Jaime Vasconcelos em VFX quer ser referência nas artes plásticas

Galeria de Pedro Jaime Vasconcelos em VFX quer ser referência nas artes plásticas
Pedro Jaime Vasconcelos acolheu na sua galeria em VFX em Setembro do ano passado uma mostra solidária

Pedro Jaime Vasconcelos quer ajudar a colocar Vila Franca de Xira no mapa nacional e internacional do mundo das artes.

Duas galerias de arte de Lisboa e Vila Franca de Xira vão realizar uma permuta de artistas inaugurando duas exposições diferentes em ambas as cidades para divulgar a obra de diversos artistas. A primeira mostra foi inaugurada na última semana na Galeria Sá da Costa, em Lisboa, com obras de 12 artistas escolhidos pelo galerista e coleccionador Pedro Jaime Vasconcelos. Em exposição estão trabalhos de Carlos Vidal, Francisca Sandmann e Inês Carrelhas, juntamente com outras obras de Amanda Mouseler, António Vidigal, Marija Toskovic, Paulo BarCa, Pedro Amaro, Severine Loisel, Stela Kaz, Tanya Fryer e Teresa Lacerda.
Depois, em Junho, vai inaugurar em Vila Franca de Xira, na galeria de Pedro Jaime Vasconcelos (PJV Art Gallery) a exposição com artistas escolhidos por José Sousa Machado, director da galeria Sá da Costa. A “permuta de artistas e de espaços” tem como objectivo “ajudar a vencer a distância entre as duas cidades”, Lisboa e Vila Franca de Xira, segundo Pedro Jaime Vasconcelos. O galerista vilafranquense já organizou várias exposições, entre elas “1613 - Armas e Artefactos de Timor”, no Centro Cultural de Belém (2006), e foi curador das exposições “Correspondências - Cruzeiro Seixas” (2019), “Homenagem a Eduardo Nery” (2020) e “Lurçat-Mategót-Lacerda” (2022), na Galeria Tapeçarias de Portalegre.
Começou com Fernando Moncada a recolher arte africana por Lisboa, criou com uns amigos a Galeria Bica dos Olhos - Artigos Etnográficos, viajou pelo Zaire e quando voltou, organizou em Lisboa, com Nair Marques da Silva, em 1990, o primeiro leilão temático de Arte Africana. Colaborou com Maria Nobre Franco, na Galeria Valentim de Carvalho e com Moira Forjaz, na Galeria Moira. Foi assistente de Margot Dias na identificação de peças Maconde. Viajou pela Índia e Indonésia. Escreveu três livros, organizou várias exposições e começou a colaborar com a Manufactura de Tapeçarias de Portalegre (MTP) em 2017. Pedro Jaime Vasconcelos foi também co-fundador do projecto WineArt e da Galeria do Pé de Ferro, especializada em tapeçarias de Portalegre. Em Setembro do ano passado a sua galeria foi palco para uma mostra solidária no âmbito do projecto 4as4H, um programa de terapia pela arte.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo