Cultura | 02-06-2024 21:00

Constância celebra 500 anos de Camões

Constância celebra 500 anos de Camões
As Pomonas Camonianas constituem uma celebração da ligação de Constância a Luís de Camões

“Camões em Constância” é a iniciativa, promovida pelo município e por entidades do concelho, que vai decorrer entre 6 e 10 de Junho no âmbito de mais uma edição das Pomonas Camonianas. Reza a lenda que o poeta viveu ali durante algum tempo e a vila procura manter acesa a relação com esse vulto incontornável da nossa História.

A Câmara de Constância vai assinalar o quinto centenário do nascimento de Camões, de 6 a 10 de Junho, com um programa comemorativo que, durante cinco dias, visa homenagear o poeta e a sua relação com a vila. Com o mote “Camões em Constância”, cinco Séculos, cinco Dias, o município refere que “Constância tem com Camões uma muito antiga e arreigada relação de afecto, fundada na plurissecular tradição de que o épico terá vivido na vila durante algum tempo”, tendo ali “escrito parte da sua produção poética”.
Nesse sentido, e “visando aprofundar e afirmar a relação do poeta com a vila de Constância”, a câmara municipal “lançou o desafio às entidades do concelho para em conjunto se construir um evento comemorativo”, e que resultou num programa que integra a XXVII edição das Pomonas Camonianas. Exposições, conferências, patinagem, música, dança, poesia, caminhada, orientação, uma feira de antiguidades e velharias, a Taberna Quinhentista e o já tradicional Mercado Quinhentista, onde serão vendidos os frutos e as flores referidos por Camões na sua obra, são algumas das iniciativas que integram o programa.
A recriação histórica vai ser feita por centenas de alunos do pré-escolar ao ensino secundário, apoiados por professores e auxiliares de acção educativa do agrupamento de escolas de Constância, e encarregados de educação que se vão trajar a rigor para personificar os mercadores, membros do clero, nobres e plebeus, a par da dinamização de outras actividades.
As comemorações começam no sábado, 6 de Junho, às 14h30, na Casa Memória de Camões, com a inauguração da exposição “Camões: Vida e Obra” (oferecida pelo Instituto Camões), seguida da apresentação do livro “Saber os Lusíadas”, pela autora Cecília Resende. No dia seguinte, a Igreja da Misericórdia será palco da conferência “Artes em Punhete: no Tempo de Camões”, pelo professor Vítor Serrão, com o anfiteatro dos rios a receber, à noite, um concerto do Carrilhão Lusytanys com o mote “Música no tempo de Camões ao som dos sinos”. O dia 8 de Junho, que marca a abertura das XXVII Pomonas Camonianas, inicia-se na Casa Memória de Camões, às 11h00, com a conferência “Fernão Gomes (1548-1612), Pintor Amigo de Poetas e autor do retrato de Camões”, por Vítor Serrão.

Uma casa, um jardim e uma estátua
Sobre as ruínas que o povo aponta como tendo sido as da casa que o acolheu, foi erguida a Casa-Memória de Camões para perpetuar a ligação do poeta à vila ribatejana.
Em Constância, existem ainda o Monumento a Camões do mestre Lagoa Henriques e o Jardim-Horto Camoniano, desenhado pelo arquitecto Gonçalo Ribeiro Teles, que apresenta a maior parte das plantas referidas por Camões na sua obra e é considerado um dos mais vivos e singulares monumentos erguidos no Mundo a um poeta.

Inscrições para Feira de Velharias

Estão abertas as inscrições para a Feira de Antiguidades e Velharias que vai decorrer em Constância no dia 10 de Junho, na Praça Alexandre Herculano e Avenida das Forças Armadas. As inscrições podem ser efectuadas até dia 5 de Junho no Posto de Turismo, através do preenchimento de formulário próprio e enviado ao Posto de Turismo, para o endereço de correio electrónico turismo@cm-constancia.pt.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo