Cultura | 09-06-2024 07:00

A Violência das Coisas Insensíveis no Teatro Sá da Bandeira

Espectáculo criado por Nuno Labau vai estar em cena no Teatro Sá da Bandeira, a 14 de Junho, e aborda o tema da violência.

A performance “Violência das Coisas Insensíveis” está em Santarém, no Teatro Sá da Bandeira, no dia 14 de Junho, sexta-feira, às 21h30. “A violência, nas suas mais diversas manifestações, continua a ser um tema que é preciso debater. A exibição desta obra é a prova disso. Este tema está longe de estar esgotado. Nós dançamo-lo, e ele torna-se apenas movimento. Dilui-se entre estes três corpos dançantes e redefine-se, empoderando-os, dando-lhes uma nova vida que pode nascer desta fragilidade”, afirma Nuno Labau, o criador da performance.
“Violência das Coisas Insensíveis” parte da ideia do cansaço e das rotinas inerentes às dinâmicas das grandes cidades. A performance foca-se na pressa, na impermeabilidade ao próximo, na repetição de gestos e, sobretudo, no cansaço que essa repetição origina. As interpretações remetem para um tempo em contínuo que contém em si paragens e, assim, a violência do paradoxo. As esperas que se repetem vão adulterando os próprios gestos por força do cansaço “deixando-nos, assim, viver num movimento contínuo, mas oscilante, entre a proximidade e o afastamento das pessoas e dos sonhos. Este trabalho é essencialmente de movimento, um movimento em que os corpos lidam, por um lado, com a imobilidade da espera e, por outro, com a rapidez de actos repetidos, originando um paradoxo violento”, acrescenta Nuno Labau.
Em palco vão estar Carolina Sendim, Beatriz Pereira e Janice Palma que, além de intérpretes, são cocriadoras do movimento nesta reinterpretação da versão original de “Violência das Coisas Insensíveis”. O cast no feminino atribui à performance mais uma camada de interpretação que é deixada, subliminarmente, à consideração do espectador.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo