Cultura | 02-07-2024 21:00

Celebrar Silva Magalhães no dia em que se apresentou nova edição dos Cadernos Nabantinos

Celebrar Silva Magalhães no dia em que se apresentou nova edição dos Cadernos Nabantinos
Centro de Estudos em Fotografia de Tomar palco de exposição que celebra António Silva Magalhães

Exposição que celebra aniversário de António Silva Magalhães, ícone da fotografia em Tomar, vai estar patente até 15 de Setembro e vão ser apresentadas reconstituições da execução de fotografias de paisagem e de retrato em estúdio.

A celebração dos 190 anos do nascimento do pioneiro da fotografia na cidade templária, António da Silva Magalhães, foram o mote para a iniciativa que decorreu no sábado, 22 de Junho, no CEFT - Centro de Estudos em Fotografia de Tomar, que incluiu o lançamento do quarto volume dos Cadernos Culturais Nabantinos e a inauguração da exposição “Typographia Photographia Silva Magalhães - A Fotografia e o Acto Fotográfico na transição do século XIX para o século XX”.
A edição de 2024 da revista cultural do município é dedicada precisamente à fotografia na cidade onde surgiu o primeiro curso superior a ela dedicado, no panorama do ensino superior em Portugal, por iniciativa do Instituto Politécnico de Tomar, que se manteve como única oferta formativa do género durante cerca de 17 anos, só recentemente secundado pelo Politécnico do Porto.
Na quarta edição dos Cadernos Culturais Nabantinos, incluem-se uma recolha historiográfica de André Camponês, sobre os eventos relativos à fotografia que deixaram registo nos meios de comunicação social de Tomar; notas sobre o ensino da fotografia na cidade e sobre projectos de desenvolvimento regional, decorrentes dos projectos pedagógicos inovadores e transversais, envolvendo a fotografia, com a participação de António Ventura, Luiz Oosterbeek e Luís Pavão; um conjunto de intervenções sobre a conservação, preservação, estudo e divulgação das colecções fotográficas históricas do concelho e percursos pessoais e profissionais das pessoas envolvidas, da autoria de Catarina Mateus, Élia Roldão, Luísa Casella, Patrícia Romão, Sandra Garrucho, Sofia Duarte e Sónia Casquiço; e um relato de experiências pessoais, profissionais e institucionais, relativas ao papel da fotografia na sociedade, com a participação de António Ventura, Duarte Belo, Eduardo Mendes, João Henriques e Rui Ferreira.
Há ainda espaço nos Cadernos para uma apresentação do Centro de Estudos em Fotografia de Tomar, situado na Casa dos Cubos, e onde decorrerá a exposição que estará patente até 15 de Setembro, de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 13h00, e das 14h00 às 18h00, e ao sábado e domingo entre as 14h00 as 18h00.
Inspirada na notícia que Silva Magalhães publicou no seu jornal “A Verdade”, em 23 de Março de 1884, intitulada “Photographia instantanea”, e onde dá conta de um importante progresso tecnológico para a época que permitia fotografar as sempre irrequietas crianças, a exposição apresenta o trabalho realizado pela casa fotográfica por si fundada, em duas vertentes principais: a fotografia de paisagem e a de retrato em estúdio. A mostra fotográfica tem também a intenção de dar a conhecer, junto do público em geral, os procedimentos da execução de fotografias nessa época, final do século XIX, e na que foi continuada pelos seus filhos, já no século XX.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo