Cultura | 01-09-2022 14:59

José Cid diz que nova geração de músicos é muito chorona e tem criatividade de velório  

José Cid – Foto Arquivo

Cantor apresenta, pela primeira vez, o álbum de rock sinfónico “10.000 anos depois entre Vénus e Marte” com orquestra sinfónica

José Cid e a Orquestra Clássica do Sul (OCS) sobem hoje ao palco no Largo da Sé, em Faro, no arranque do Festival F, para uma interpretação do álbum de rock progressivo “10.000 anos depois entre Vénus e Marte”. 

Lançado em 1978, o álbum de José Cid será pela primeira vez interpretado por uma orquestra sinfónica, na sequência de um desafio lançado pelo director do Teatro das Figuras, contou o músico. 

“É uma maravilha. Depois de termos feitos tantos concertos, aparece-nos esta oportunidade. Foi um desafio lançado pelo Gil [Silva], que me disse que tinha uma orquestra fantástica para me acompanhar e eu aceitei”, disse aos jornalistas o também compositor e produtor, após um ensaio com a OCS no Teatro das Figuras. 

No entanto, num concerto em que será apenas interpretado aquele álbum, sem lugar para tocar outros clássicos da sua carreira, José Cid mostrou-se receoso com o facto de o público poder ter a expectativa de ouvir músicas como “A cabana junto à praia” ou “Como o macaco gosta de banana”. 

“Estou com um pouco de receio, não venham as pessoas pensando que vão ouvir o rock dos bons velhos tempos. Porque, se for o caso, arma-se uma confusão tremenda e têm de levar com este álbum”, gracejou. 

Questionado sobre como encara a actual criação musical em Portugal, José Cid considerou que há uma tendência para um certo dramatismo nas novas gerações de músicos, que “são muito choronas”, havendo, no entanto, excepções, como Ana Bacalhau e a Marisa Liz, apontou. 

“O rock está vivo e é cada vez mais preciso porque a criatividade está cada vez mais armada em velório. Está tuda a apostar nas baladinhas e em coisinhas assim sofredoras e muito derrotadas pela vida”, rematou. 

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1588
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1588
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo