Desporto | 25-09-2022 06:59

Santarém Basket quer continuar a ser uma referência no desporto de formação

José Daniel Oliveira é o presidente do Santarém Basket que este ano comemorou o 24º aniversário

O Santarém Basket comemorou o 24º aniversário em Agosto mas já está a pensar nas comemorações do próximo aniversário. A 2 de Outubro realiza o primeiro torneio onde vai estrear um equipamento novo, alusivo aos primeiros equipamentos do clube. O clube é uma referência do basquetebol de formação na região e orgulha-se dos 42 títulos conquistados. Os pais dos atletas são fundamentais para o sucesso.

O Santarém Basket foi na temporada passada o clube da região com o maior número de atletas inscritos na Federação Portuguesa de Basquetebol: 206 em todos os escalões de formação na época 2021/2022, que foi considerada muito especial por todos os elementos do clube. A nova época vai bem lançada já com elevado número de atletas inscritos. A informação é dada a O MIRANTE pelo presidente da direcção do Santarém Basket, José Daniel Oliveira. Os treinos começaram a 5 de Setembro e no dia 2 de Outubro realiza-se o primeiro torneio do clube já a pensar nas comemorações do 25º aniversário. No torneio será apresentado o novo equipamento.
Para a próxima época o clube pretende conquistar mais títulos e fazer uma boa campanha nas provas nacionais. Na época 2021/2022 conquistaram a Taça Distrital em Sub12; o campeonato distrital em Sub13 e os Sub14 masculinos alcançaram o 7º lugar no campeonato nacional, à frente dos maiores clubes de Lisboa e Setúbal.
“O Santarém Basket continua a ser uma referência no desporto de formação e queremos continuar com os bons resultados esta época. O basquetebol é um desporto com muita tradição no concelho e na região e isso deve-se aos muitos antigos praticantes da modalidade. O Santarém Basket olha para esses atletas com carinho e muitos fazem parte da estrutura. São um grande incentivo porque puxam muito pelo clube”, sublinha José Daniel Oliveira.
O clube continua sem equipa sénior mas José Oliveira garante que não estão fechados a essa hipótese. “Se conseguirmos um projecto bom, sólido, com apoios e desde que não prejudique a formação… Se existirem atletas seniores para formar equipa, o grupo está empenhado em avançar com esse projecto”, destaca o presidente da direcção desde a época 2006/2007 mas ligado ao clube desde a sua fundação quando o seu filho era atleta.
O dirigente destaca a importância dos pais para o sucesso do clube. “Sem eles seria impossível conseguirmos conquistar tudo o que temos alcançado. São fundamentais para manter a máquina oleada e a funcionar bem. A nós, dirigentes, compete-nos conseguir gerir tudo, todas as sensibilidades. É o mais difícil, mas com entusiasmo e vontade tudo se consegue”, reforça José Daniel Oliveira.
Desde a sua fundação, o Santarém Basket conquistou 42 títulos: cinco em competições masculinas e os restantes por equipas femininas. “Em 24 anos de existência dá uma boa média”, afirma o dirigente com um sorriso”. Cada atleta é sócio do clube e paga uma quota mensal de 20 euros. Uma forma de os fazer sentir mais ligados ao clube. Os adeptos que são sócios pagam 12 euros por ano. José Daniel Oliveira conta que a equipa de cinco elementos na direcção está focada no sucesso do clube e todos trabalham muito para isso. “O Santarém Basket é a nossa segunda família, assim como é para todos os treinadores, atletas e restantes dirigentes. A união é o segredo sucesso”, conclui o dirigente.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo