Desporto | 14-12-2022 10:00

União Desportiva Vilafranquense poderá dar lugar a UDV 1957

Pavilhão está em terreno da Administração do Porto de Lisboa. Sócios vão discutir uma saída para a situação delicada do clube.

Um mês depois os sócios do União Desportiva Vilafranquense (UDV) voltam a deliberar sobre o futuro do clube numa nova assembleia-geral marcada para dia 15 de Dezembro às 20h30 no pavilhão José Mário Cerejo.

Em cima da mesa para aprovação dos sócios está a suspensão de parte ou da totalidade da actividade desportiva do UDV e a constituição de um clube herdeiro com o propósito de dar continuidade à actividade desportiva do clube. Uma primeira ideia em cima da mesa, apurou O MIRANTE, poderá passar por chamar ao novo emblema UDV 1957, ano da fundação do clube. O pavilhão do clube está em terrenos da Administração do Porto de Lisboa e os campos de futebol são municipais. Vai também ser discutida a transmissão da participação de 10% que o UDV detém na SAD do futebol sénior a favor da accionista maioritária Números Mouriscos Unipessoal Lda.

Outra novidade na ordem de trabalhos é a apresentação das contas dos anos de 2019, 2020 e 2021 que estavam por apresentar devido a problemas com o contabilista que tomava conta das contas do clube. Se à hora marcada não estiverem presentes a totalidade dos sócios a assembleia reunirá e decidirá meia hora depois com qualquer que seja o número de sócios presentes.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo