Desporto | 03-05-2023 11:53

Triatleta de Torres Novas sofre atropelamento no Cartaxo

Triatleta de Torres Novas sofre atropelamento no Cartaxo
Foto: Facebook de Erwin Vanderplancke

Erwin Vanderplancke, de 28 anos, é atleta do Clube de Natação de Torres Novas e foi atropelado no Cartaxo enquanto fazia um treino de bicicleta. Aguarda cirurgia em Lisboa. Em dois meses três atletas do clube sofreram acidentes quando treinavam ciclismo.

Erwin Vanderplancke, de 28 anos, é atleta de triatlo do Clube de Natação de Torres Novas (CNTN) e sofreu um atropelamento durante um treino de bicicleta no Cartaxo, no domingo, 30 de Abril. O triatleta belga sofreu fracturas na face e nos braços e aguarda cirurgia no Hospital de São José, em Lisboa, adianta o vice-presidente do Clube de Natação de Torres Novas, Paulo Catarino Vieira, à Lusa.

O jovem participou no sábado no Campeonato do Mundo de Duatlo de Ibiza, Espanha, onde obteve o sétimo lugar em representação da selecção belga. "Chegou no domingo e estava a fazer um treino de ciclismo na zona do Cartaxo ao final da tarde, perto de Pontével, quando num cruzamento um carro que estava parado num stop não o viu e avançou para mudar de direcção, com o atleta a não conseguir evitar o embate", disse Paulo Catarino Vieira, acrescentando que foi numa descida e que a condutora assumiu de imediato a culpa, alegando que não viu o atleta.

Segundo o comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, Vítor Rodrigues, o acidente ocorreu na Estrada Nacional 365-2, sentido Cartaxo – Aveiras, e o alerta foi dado às 19h50, tendo o triatleta sido inicialmente transportado para o Hospital Distrital de Santarém. Erwin Vanderplancke reside há vários anos em Portugal e representa o clube de Torres Novas há duas épocas, estando também integrado no apuramento para os Jogos Olímpicos Paris 2024 pela selecção belga.

Três acidentes em dois meses

Este é o terceiro acidente do género que acontece em dois meses envolvendo atletas do clube, como refere o treinador de triatlo do CNTN, Paulo Antunes, no Facebook do clube. “Os últimos meses tem sido difíceis de digerir … José Vieira, João Ferreira e Erwin Vanderplanck foram vítimas de queda com consequências graves quando estavam a treinar sozinhos”, descreve Paulo Antunes, contando que José Vieira foi surpreendido por um condutor que estacionou o camião na berma e que resolveu abrir a porta no momento em que o atleta estava a passar. O embate do ombro direito com a porta foi violento projectando o atleta para o chão e teve como consequência uma clavícula partida.

João Ferreira circulava numa zona com bastante trânsito e já dentro da rotunda foi atropelado por um jipe que estava a entrar. Do embate resultou uma clavícula e quatro costelas partidas. Agora foi Erwin Vanderplancke que sofreu múltiplas fracturas na face, fractura da clavícula, da laringe, dos pulsos, de um dedo e de vários dentes.

“Somos um país com poucas ciclovias… e as que existem são mais para as pessoas caminharem… as estradas são para ser partilhadas por todos e todos se deveriam respeitar. O ciclista sempre será o elo mais fraco e estará sempre mais sujeito às distrações dos outros”, escreve Paulo Antunes, desejando aos seus atletas rápidas melhoras.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo