Desporto | 09-05-2023 12:00

Câmara volta a insistir em estádio partilhado por Alhandra e Vila Franca de Xira

Fernando Paulo Ferreira está a cumprir o primeiro mandato como presidente da Câmara de Vila Franca de Xira

Fernando Paulo Ferreira voltou a deixar palavras bem claras sobre o futuro de um campo de raiz para o Alhandra Sporting Club durante a assembleia municipal jovem que se realizou no sábado, 6 de Maio, no Pavilhão do Cevadeiro.

Cada vez mais as infraestruturas desportivas devem estar ao serviço de toda a comunidade e todos os clubes e por isso a era em que se construía um estádio para cada clube chegou ao fim.

A convicção foi avançada pelo presidente do município de Vila Franca de Xira, Fernando Paulo Ferreira, durante a assembleia municipal jovem que se realizou no Pavilhão do Cevadeiro no sábado, 6 de Maio. Respondendo a um aluno da escola Soeiro Pereira Gomes, que queria saber quando é que avançava um novo campo de futebol para o Alhandra Sporting Club (ASC) o autarca foi directo na resposta: “Esta coisa de em cada sítio haver um complexo desportivo específico para cada associação perde lógica no contexto metropolitano”. O autarca voltou a defender que a construção de um novo estádio de Vila Franca de Xira na zona da antiga Marinha deverá servir vários clubes e não apenas o emblema do Vilafranquense. “O que é preciso é que os clubes se articulem uns com os outros para usar em conjunto espaços desportivos. Estamos perto de um campo que já existe (o do UDV) e está prevista a ampliação deste campo que há de servir diversas entidades”, avisou.

A partilha de um campo entre o ASC e o UDV há muito que tem estado afastada porque os dirigentes nunca chegaram a acordo. Um cenário que o autarca espera que venha a mudar no futuro. O município de Vila Franca de Xira contraiu um empréstimo bancário de 2,6 milhões de euros há dois anos para fazer a concepção e construção de um novo estádio de futebol na cidade mas Fernando Paulo Ferreira já tinha avisado que uma condição fundamental para o arranque da obra é de que o futuro estádio venha a ser um espaço partilhado por todas as colectividades que precisem.

“Temos a intenção de modernizar e construir um projecto adequado e abrangente do ponto de vista geográfico e desportivo que sirva todo o norte do concelho. É para as pessoas, para o concelho e para o desporto que estamos a trabalhar. Não é para uma SAD”, já tinha dito o autarca em Janeiro de 2022 quando questionado sobre o assunto.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo