Desporto | 17-05-2024 07:00

Marcha atlética em Rio Maior foi pedrada no charco no país

Marcha atlética em Rio Maior foi pedrada no charco no país
Organização diz que última edição foi uma das melhores de sempre. fotoDR

Prova mítica no panorama do atletismo internacional realizou-se em Rio Maior e contou com a participação de mais de uma centena de atletas de marcha atlética. Dirigentes e autarcas afirmam que a marcha atlética é o factor que diferencia Rio Maior de outras cidades desportivas.

O auditório Albino Maria, do Centro de Estágios de Rio Maior, recebeu a apresentação da 31.ª Edição do Grande Prémio Internacional de Rio Maior em Marcha e 39.ª Edição do Campeonato Nacional de Marcha em Estrada, evento que se realizou a 11 de Maio, nas ruas centrais da cidade, e que contou com a presença de mais de uma centena de atletas de todo o mundo de vários escalões.
O presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Luís Filipe Santana Dias, não tem dúvidas de que “Rio Maior tem tentado e conseguido a sua afirmação no país e no mundo como um concelho do desporto. E esta foi a modalidade que se tornou o factor diferenciador”, afirmou. Para o presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, Jorge Vieira, a aposta de Rio Maior na marcha atlética foi “uma pedrada no charco no país e ainda mais na região ribatejana”. Já o presidente do conselho de administração da Desmor, Miguel Pacheco, realçou que a 31º edição do Grande Prémio foi “uma das melhores edições de sempre” no que se refere às marcas competitivas dos marchadores e não só. Toda a população usufruiu ao longo de um dia de várias actividades no Jardim Municipal 25 de Abril, com workshops, pilates e muitas outras iniciativas que combinam o desporto e o lazer.
O evento foi uma co-organização entre o município de Rio Maior, a Desmor e o Clube de Natação de Rio Maior, com o apoio da Federação Portuguesa de Atletismo e da Associação de Atletismo de Santarém.

Grande Prémio Internacional de Rio Maior em Marcha juntou mais de uma centena de atletas

Vencedores sem surpresa

A marchadora natural do Peru, Kimberly García, líder do ranking mundial, foi a grande vencedora da prova dos 20 quilómetros no escalão feminino. Alejandra Ortega, em segundo, e Érica Sena, em terceiro, fecharam o pódio. Inês Mendes, marchadora natural de Rio Maio, ficou na sexta-posição com mais quatro minutos do que a primeira classificada. No sector masculino, o equatoriano Brian Pintado foi o grande vencedor, seguido de César Augusto Rodriguéz e Marc Tur.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo