Desporto | 10-06-2024

Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem

1 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
2 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
3 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
4 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
5 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
6 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
7 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
8 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
9 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
10 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
11 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
12 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
13 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
14 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
15 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
16 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
17 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
18 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
19 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
20 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
21 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
22 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
23 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
24 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem
25 / 25
Lusitano Portomugense volta ao activo e Porto de Muge quer mostrar que não é um lugar de passagem

Fernando Marques é o responsável pela reactivação do Lusitano FC Portomugense, tendo desafiado para essa missão outros conterrâneos que deixaram Porto de Muge cedo para trabalhar. Reformado da indústria farmacêutica, sentiu que devia fazer algo pela terra e um dos objectivos é instruir a população.

O Lusitano FC Portomugense, um clube com 103 anos feitos a 22 de Março, voltou ao activo passados mais de 10 anos sem vida. Fernando Marques, 64 anos, natural de Porto de Muge, sentia o dever de, quando se reformasse, fazer algo pela aldeia da freguesia de Valada, concelho do Cartaxo. Quer proporcionar convívios intergeracionais e actividades que vão ao encontro dos gostos da população, com cerca de 250 pessoas. A nova direcção arrancou com uma equipa de futsal de 12 jovens mulheres e está a mostrar que Porto de Muge é mais do que um ponto de passagem.
Fernando Marques começou por desafiar Vasco Loubet, 46 anos, conterrâneo a viver em Tomar, designer e responsável por ter descoberto o porto fluvial romano em Porto de Muge. “O Vasco é responsável pela cultura e comunicação e está ligado a uma descoberta na margem do rio. Ao fim de muitos anos em que todos íamos dar um mergulho ao Tejo e víamos ali umas pedras, alguém olhou para aquilo com outros olhos”, explica o dirigente. Convidou também Rodrigo Anacleto, geólogo que se tornou chefe de cozinha, e Carla Loubet, com experiência no associativismo. “Voltamos praticamente todos os fins-de-semana. Uma parte da equipa é composta por pessoas residentes, desde a juventude à terceira idade, antigos dirigentes e temos um colaborador com mais de 80 anos”, acrescenta. Fernando Marques, que toda a vida trabalhou na indústria farmacêutica em Lisboa, encabeçou a única lista candidata, eleita por unanimidade em Dezembro.
Em Porto de Muge todos vivem entusiasmados com a reactivação do clube, estando a direcção mais focada actualmente em tratar de questões burocráticas com a sede, anexa a uma propriedade. O grupo participou em Fevereiro no cortejo carnavalesco do Cartaxo a convite da câmara municipal, e em Março comemorou o seu aniversário com jogos de futebol, actividades lúdicas e um jantar que juntou mais de 130 pessoas na sede; celebrou o 25 de Abril e seguem-se noites de Verão animadas junto ao parque de merendas de Porto de Muge. Fernando Marques afirma que estão abertos a voluntários que queiram dinamizar, semanalmente, aulas de ginástica, teatro, dança ou novas tecnologias.

Sede e campo de jogos precisam de obras
A direcção refere estar preocupada com uma parede que suporta o telhado da sede e apresenta risco de colapso, estando à procura de um pedreiro para efectuar a obra. Dadas as poucas possibilidades, o clube necessita de tinta vermelha para completar a pintura da fachada e pilares que suportem a rede que vai vedar o espaço desportivo. O campo de futebol de 11, junto ao parque de merendas pertencente à junta de freguesia, necessita de quem faça a sua manutenção, uma vez que as ervas crescem rapidamente, o que impossibilita de utilizarem o campo. Também o bar e o palco precisam de nova cobertura porque chove lá dentro. Outro dos desejos da nova direcção é a reabilitação do parque infantil.
Fazem parte do conselho directivo o vice-presidente Luís Fonseca, o tesoureiro Valter Salgueiro, a secretáriaa Mara Monteiro e os vogais Rui Gaia Martins, Bruno Duarte, Mário Martins, Luís Martins, Fernando Cardoso da Silva e Ana Filipa Duarte. Na assembleia-geral está Carla Loubet como presidente, acompanhada dos secretários Mónica Valada e Pedro Cláudio. O conselho fiscal é composto pelo presidente Rodrigo Anacleto, Vasco Loubet como secretário e Carlos Firmino como relator.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo