Desporto | 30-06-2024 21:00

Comitiva olímpica de Vila Franca de Xira ruma a Paris a sonhar com medalhas

Comitiva olímpica de Vila Franca de Xira ruma a Paris a sonhar com medalhas

Jogos Olímpicos que se disputarão no verão em França prometem ser dos mais renhidos dos últimos anos. Do concelho de Vila Franca de Xira segue uma comitiva com dois atletas, um júri, um treinador e um fisioterapeuta.

Vila Franca de Xira vai estar representada na missão portuguesa que vai aos Jogos Olímpicos de Paris, em França, com cinco figuras da terra: dois atletas, um júri, um treinador e um fisioterapeuta. Os próximos jogos olímpicos prometem ser dos mais renhidos das últimas décadas e as medalhas vão ser decididas nos pormenores, garantiram os participantes a O MIRANTE, à margem da recepção promovida nos Paços do Concelho pelo presidente da Câmara de VFX na tarde de 26 de Junho. “Hoje em dia para estar nas medalhas vai-se ao centésimo da classificação, ao detalhe, ao pormenor. A competição hoje está muito renhida e decide-se por pequenos pormenores. Ao mínimo deslize acabou”, confirma a O MIRANTE João Oliveira, da Póvoa de Santa Iria, que foi escolhido pela segunda vez, depois de Tóquio 2021, para voltar a ser júri nos jogos olímpicos na ginástica de trampolins. João Oliveira foi um dos 10 juízes em todo o mundo a receber esse privilégio. Viveu toda a infância na Póvoa de Santa Iria e começou a praticar ginástica aos 4 anos por recomendação médica. Cedo se fez atleta no Sporting Clube de Portugal, foi campeão nacional, vestiu as cores da selecção nacional e mais tarde formou-se como treinador. Faz hoje parte do Conselho de Arbitragem da Federação de Ginástica de Portugal, federação onde é também vice-presidente.

* Notícia desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo