Desporto | 05-07-2024 12:00

Falta de actividade de núcleos sportinguistas da região foram tema na assembleia geral do Sporting

Falta de actividade de núcleos sportinguistas da região foram tema na assembleia geral do Sporting
Salgado Zenha, vice-presidente do Sporting, respondeu a algumas perguntas e, quanto à do Núcleo de Benavente, foi pouco claro e exacto

Assembleia geral do Sporting Clube de Portugal, que decorreu no domingo, discutiu antes da interrupção para almoço, o caso dos núcleos de Benavente e Santarém, dois dos que estão sem actividade na região embora por razões diferentes.

Hugo Ramos, um dos fundadores do Núcleo do Sporting de Alenquer, que deverá ser inaugurado daqui a um mês, levou à assembleia geral do Sporting Clube de Portugal (SCP), que decorreu no domingo, 30 de Junho, a compra do edifício do Núcleo de Benavente que parece estar embruxada devido ao atraso das respostas da direcção do SCP. No final da manhã, e antes da interrupção da ordem de trabalhos para almoço, o vice-presidente do Sporting, Salgado Zenha, respondeu a algumas perguntas e, quanto à do Núcleo de Benavente, foi pouco claro e exacto.
Logo a seguir à sua intervenção, o responsável pelos núcleos oficiais do Sporting Clube de Portugal, Vasco Matos, fez uma intervenção para esclarecer que a proposta dos associados de Benavente não serve os interesses do clube porque prolonga a segunda prestação da proposta de compra, cerca de 50 mil euros, por muitos anos. Acrescentou, no entanto, que seria bom que houvesse um entendimento porque o clube precisa dos núcleos por serem os embaixadores do clube pelo país. Referiu ainda que recebeu um telefonema de O MIRANTE sobre o assunto de Benavente, para valorizar o trabalho dos associados de Benavente, e que percebe que o assunto não deve ser descurado pela direcção, já que o Sporting não pode esquecer a importância destas agremiações.
Na sua intervenção informou ainda que os núcleos de Alverca, Vialonga e Benavente querem tornar-se núcleos oficiais, falou da abertura para breve do núcleo de Alenquer, e lamentou que núcleos como o de Santarém estejam sem actividade, porque representam, neste caso, uma cidade capital de distrito, e o Sporting conta com eles para dinamizarem o clube.
A assembleia geral teve como pontos principais da ordem de trabalhos a apreciação e votação do relatório e contas de 2023 e do orçamento para 2024/2025, que foram aprovados por larga maioria.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo