Sociedade | 20-05-2023 07:00

Criminalidade violenta e roubos baixaram mas as burlas estão a subir em força

Criminalidade violenta e roubos baixaram mas as burlas estão a subir em força

A criminalidade violenta e os roubos tiveram uma descida acentuada entre 2019 e 2022 na área de actuação do Comando Distrital da PSP de Santarém, segundo os registos da PSP, mas, por outro lado, o registo de crimes de ameaça, coacção e burlas aumentou significativamente face a 2019.

A criminalidade no ano de 2022 na área de responsabilidade do Comando Distrital da Polícia de Segurança Pública (PSP) diminuiu 4,5% face a 2019, último ano pré-pandemia de Covid-19. A informação foi divulgada pela PSP que refere que no que toca à criminalidade violenta ou grave a redução é ainda mais acentuada, com um decréscimo na ordem dos 19% face a 2019. A PSP de Santarém revela ainda em comunicado que os crimes praticados contra pessoas decresceram 7%, destacando-se a redução em 20% do crime de violência doméstica. Os crimes de roubo e furto também baixaram 30% e 11,5%.

Em sentido contrário, o registo de crimes de ameaça e coacção aumentou cerca de 27% face a 2019, tendo-se verificado também um aumento de 6% do registo de crimes contra o património, nomeadamente o aumento das burlas (em cerca de 70%). As burlas cometidas através de fraudes bancárias e as burlas informáticas e nas comunicações (através de plataformas de pagamento à distância) foram as mais comuns, o que significa que este tipo de crime é, cada vez mais, cometido através de meios digitais.

Em relação ao licenciamento e fiscalização de explosivos, armas e munições, a PSP revela que foram realizadas no ano passado 30 acções de fiscalização de armeiros, estabelecimentos comerciais e a particulares detentores de armas de fogo. No mesmo capítulo foram apreendidas e entregues para destruição mais de 1500 armas de fogo.

Sinistralidade rodoviária a subir

A PSP informa ainda que “apesar da redobrada atenção que tem sido dedicada à prevenção e fiscalização rodoviárias”, a sinistralidade nas estradas tem apresentado tendência de subida. Em 2022 foram registados 1400 acidentes de viação na área de actuação da PSP, mais 163 quem em 2019, mas houve menos vítimas. A PSP registou 390 feridos ligeiros (menos 23) e 25 feridos graves (menos 3) e não há registo de vítimas mortais.

Segundo a Polícia, em 2022 foram efectuadas 411 operações de fiscalização rodoviária, tendo sido controladas por radar cerca de 92 mil viaturas e 6668 condutores foram submetidos ao teste de alcoolemia. Foram ainda realizadas cerca de 1500 acções de sensibilização que envolveram mais de 34 mil participantes, com especial destaque das 1365 açcões no âmbito do programa Escola Segura, e das 88 acções de sensibilização realizadas no âmbito do programa Idosos em segurança.

O Comando Distrital da PSP de Santarém garante o policiamento nas cidades de Abrantes, Cartaxo, Entroncamento, Ourém, Santarém, Tomar e Torres Novas, onde residem cerca de 117 mil habitantes.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo