Divulgação | 14-06-2022 16:08

<strong>Qual o futuro das criptomoedas?</strong>

<strong>Qual o futuro das criptomoedas?</strong>

Depois de um crescimento constante, o ritmo das criptomoedas demonstra agora um ligeiro desaceleramento. Se apostar em criptoactivos, através dos melhores slots online, saiba que talvez este seja o momento certo para verificar os seus investimentos. Em contrapartida, vários especialistas referem que é difícil prever o rumo que este mercado vai tomar. Os Estados Unidos…

Depois de um crescimento constante, o ritmo das criptomoedas demonstra agora um ligeiro desaceleramento. Se apostar em criptoactivos, através dos melhores slots online, saiba que talvez este seja o momento certo para verificar os seus investimentos. Em contrapartida, vários especialistas referem que é difícil prever o rumo que este mercado vai tomar. Os Estados Unidos da América têm vindo a mostrar um interesse particular na regulamentação das criptomoedas. De acordo com o “site” “NextAdvisor”, os legisladores, um pouco por todo o mundo, estão a tentar descobrir como é que devem estabelecer leis e directrizes para tornar as criptomoedas mais seguras para os investidores e menos atraentes para os criminosos.

Além disso, a aprovação de um ETF (fundo de investimento) de Bitcoin, em outubro do ano passado, na Bolsa de Valores de Nova Iorque, sustenta a teoria de um futuro risonho para as criptomoedas. Para outros, este tipo de fundo não está diretamente vinculado às criptomoedas, por isso, não é uma razão suficientemente sólida para dizermos que as criptomoedas têm boas perspectivas de futuro. A ideia é que “quanto mais acessíveis estiverem os ativos das criptomoedas, mais os americanos podem comprar e influenciar o seu mercado” e isso terá impacto um pouco por todo o mundo. Porém, continua a ser um investimento especulativo e volátil.

Algumas empresas também já começaram a investir em criptomoedas. Podemos dar como exemplo, a PayPal e a Square, sendo que ambas permitem que os utilizadores comprem criptomoedas nas suas plataformas. Também é de salientar a Tesla, como uma empresa que até há bem pouco tempo aceitava pagamentos em Bitcoin (uma das criptomoedas mais populares) e que chegou a deter milhares de milhões em ativos criptográficos.

Isto é, quando analisamos os factos a nível global, o panorama das criptomoedas a longo prazo parece revelar-se tendencialmente positivo, sobretudo porque as criptomoedas são “maiores moedas no mercado de valor”. No entanto, se este meio de troca digital apresenta diversas vantagens, também traz consigo pontos que merecem a maior atenção, tais como a segurança, a volatilidade, o custo das criptomoedas no espaço virtual e a falta de regulação.

Conforme avança o “site” acima referido, “o preço do Bitcoin teve um caminho selvagem em 2021 e, em novembro, estabeleceu outro novo preço recorde de todos os tempos, quando ultrapassou 68 mil dólares. Este último recorde segue os pontos altos anteriores acima de 60 mil dólares, em abril e outubro, bem como uma queda no verão para menos de 30 mil dólares, em julho”.

Este é um mercado relativamente novo e, por isso, todas e quaisquer teorias apresentadas não passam de pura especulação, principalmente porque não há qualquer histórico que sirva de guião para aquilo que poderá vir a ser o futuro das criptomoedas. Assim, tornou-se popular a seguinte recomendação: “investir apenas aquilo que estiver disposto a perder” e apostar na manutenção de investimentos mais convencionais para construir riqueza a longo prazo.

Recorde-se que o Banco Central Europeu anunciou este ano um plano que tinha como objetivo criar uma estrutura que monitorize o mercado das criptomoedas. Assim, as criptomoedas são, e continuarão a ser num futuro próximo, um dos maiores desafio dos novos tempos.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1589
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1589
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo