Economia | 05-10-2019 10:00

Agribusiness reforçou selo de qualidade dos produtos do Ribatejo

Agribusiness reforçou selo de qualidade dos produtos do Ribatejo
ECONOMIA

A quarta edição do Agribusiness, o maior encontro internacional de negócios do sector agro-alimentar do Ribatejo, foi mais uma vez uma montra dos produtos ribatejanos.

A Sala Ribatejo do Santarém Hotel tornou-se uma verdadeira montra dos produtos ribatejanos, durante a edição de 2019 do Agribusiness, que decorreu de 23 a 25 de Setembro. De um lado, uma zona de degustação, do outro, várias mesas de reuniões. Por elas passaram mais de 50 empresas da região que tiveram a oportunidade de estar frente-a-frente com 28 participantes internacionais, vindos de 15 países. O objectivo foi alavancar e potenciar novos negócios e parcerias além-fronteiras.

Da Polónia, veio Maciej Kierach, representante de uma empresa importadora, exportadora e distribuidora de vegetais, frutas, azeite, azeitonas e marisco. “A nossa empresa participa em eventos maiores, mas, na verdade, nesses eventos grandes, nem sempre é possível chegar a produtores locais e ficar a conhecer a sua oferta. Aqui, os importadores conseguem, de facto, conhecer não só catálogos, mas também produtos, cultura e atmosfera”, referiu. À procura de expandir a representação de produtos nacionais, Maciej afirmou ainda que o país tem “uma imagem positiva” junto dos clientes polacos. “Portugal é uma boa marca”, sintetizou.

Davor Dimitrijevi, da segunda maior cadeia de distribuição da Bósnia-Herzegovina, também reconheceu a qualidade, quantidade e bom embalamento dos produtos que encontrou no Agribusiness. “Estou aqui para conhecer alguns produtores porque não temos ainda quaisquer bens portugueses nas nossas lojas. Talvez apenas vinho do Porto, nada mais”, explica o comprador, que identificou no Agribusiness uma oportunidade para descobrir novos produtos como vinhos, azeitonas e azeites.

Sérvia, Suécia, Suíça e França foram outros dos mercados representados no Agribusiness. Para além destes, também Estónia, Hungria, Finlândia e Itália, entre outros, tiveram a sua estreia no evento, que este ano virou todas as atenções para os mercados europeus. Terminada a quarta edição, o Agribusiness soma agora mais de 2.350 reuniões, 91 presenças internacionais e 242 empresas nacionais presentes desde 2014.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1423
    03-10-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1423
    03-10-2019
    Capa Médio Tejo