Economia | 04-02-2020 12:30

Junta de Vila Franca de Xira promove programa “Crianças – SOS Dentes”

Junta de Vila Franca de Xira promove programa “Crianças – SOS Dentes”

O programa, que integrava os objectivos da candidatura de João Santos (PS) à Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira, visa melhorar o acesso da população socioeconomicamente desfavorecida a serviços de saúde oral.

A Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira promove o programa “Crianças – SOS Dentes”, que compreende a prestação de serviços médicos dentários e resulta de um acordo de cooperação com médicos dentistas ou clínicas dentárias da freguesia.

O programa, que integrava os objectivos da candidatura de João Santos (PS) à Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira, visa melhorar o acesso da população socioeconomicamente desfavorecida a serviços de saúde oral.

Este é um problema social que atinge sobretudo a população que não é abrangida pelos programas do Governo, nem possui capacidade económica que lhe permita aceder a serviços privados de saúde oral.

São destinatários do programa “Crianças – SOS Dentes” os fregueses até aos 16 anos de idade com carência económica não abrangidos pelo Programa Nacional de Promoção de Saúde Oral.

Serão ainda abrangidos pelo programa os fregueses até aos 16 anos de idade que, apesar de abrangidos pelo Programa Nacional de Promoção de Saúde Oral tenham já esgotado os respectivos cheques-dentista.

Entende-se por carência económica os agregados familiares que apresentem como rendimento mensal disponível “per capita” até ao valor de 50% da Retribuição Mínima Mensal Garantida.

O processo de candidatura ao programa deverá ser formalizado através do preenchimento de uma ficha de sinalização, junto do Serviço de Acção Social, Cultura e Comunicação da Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira, que coordena o programa.

Os serviços médicos incluídos são: diagnóstico e avaliação da situação; restauração de dentes; tratamento de cáries; destartarizações; desvitalizações; extracções e alisamentos radiculares.

Todos os tratamentos não incluídos no regulamento do programa “Crianças – SOS Dentes” são considerados de natureza excepcional. Se forem médica e comprovadamente indispensáveis deverão ser orçamentados e acompanhados por um relatório clínico que os justifique convenientemente.

O protocolo foi assinado com a Clínica Dental Tagus e a Clínica Dr. Pedro Mota no dia 28 de Janeiro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1448
    04-03-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1448
    04-03-2020
    Capa Vale Tejo