Economia | 22-11-2020 18:00

HACL- Sociedade de Construções, Lda pretende afirmar-se como empresa modelo a trabalhar para um futuro sustentável

HACL- Sociedade de Construções, Lda pretende afirmar-se como empresa modelo a trabalhar para um futuro sustentável
ECONOMIA

A HACL tem apostado cada vez mais na sustentabilidade, na responsabilidade social e ambiental, implementando alterações nesse sentido, que nem sempre são fáceis mas que aos poucos mostram resultados.

A HACL tem apostado cada vez mais na sustentabilidade, na responsabilidade social e ambiental, implementando alterações nesse sentido, que nem sempre são fáceis mas que aos poucos mostram resultados.

A empresa dedica-se à construção e reabilitação, tanto no sector público como no privado, e tem tido, desde há muito tempo, presente nas operações de gestão de resíduos de construção e demolição, os princípios de recuperação, com a reutilização de materiais e a incorporação destes nas suas próprias obras.

Quando não é possível a reutilização os materiais são objecto de triagem em obra com vista à sua valorização por reciclagem. Nos casos em que a triagem não pode ser efectuada na obra os resíduos são encaminhados para operador de gestão licenciado para esse efeito.

A empresa também dá prioridade à questão energética, com a aplicação de lâmpadas Led e a aquisição, sempre que possível, de produtos que contenham na sua composição materiais reciclados.

Na aquisição de materiais para as obras é dada preferência aos que sejam reciclados e/ou reutilizáveis, não contenham produtos químicos prejudiciais ao ambiente, emitam GEE mínimos e tenham certificado energético A ou A+, etc.

Actualmente a HACL tem em execução diversas obras de recuperação/reconversão de edifícios escolares, lares de idosos, edifícios de serviços e edifícios plurifamiliares. Nas intervenções é dada atenção às condições térmicas, com melhorias nas soluções das caixilharias e coberturas com isolamentos, o que produz uma melhoria no impacto ambiental e com soluções cada vez mais eficientes em termos energéticos, tornando os edifícios mais funcionais e sustentáveis.

As perspectivas para o ano de 2021 são de continuar cada vez mais a apostar em soluções que tenham menos impacto ambiental pelo que pretende manter a premissa que melhor a define: “Reconstruir o Passado, Construir o Futuro”, sempre tendo em vista minimizar o impacto ambiental e contribuir para um futuro mais sustentável.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1482
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1482
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo