Economia | 06-10-2022 17:59

Frutos Secos reinam em Torres Novas

Feira dos Frutos Secos decorre até domingo, 9 de Outubro, em Torres Novas

Está a decorrer em Torres Novas a 35.ª Feira Nacional dos Frutos Secos que regressa após dois anos de interregno. Na Praça 5 de Outubro promove-se o que de melhor se produz do concelho com o emblemático figo preto em destaque.

A Feira dos Frutos Secos decorre até domingo, 9 de Outubro, em Torres Novas e Michele Rosa é uma das vendedoras de figo que não faltou ao certame. Pertence à quarta geração da família na agricultura. “O meu pai era um dos poucos produtores do figo preto. Estou nisto desde 2012 e desde essa altura que venho à Feira dos Frutos Secos, que é a única que faço”, disse à reportagem de O MIRANTE a habitante de Adofreire, “a melhor aldeia do concelho de Torres Novas, que fica mesmo no sopé da Serra de Aire, com um micro-clima fabuloso”.
Michele Rosa diz que a feira tem tido uma evolução bastante positiva, embora, na sua opinião, haja sempre coisas a melhorar. “Tem de haver uma diferenciação entre aquilo que é nosso e aquilo que não é nosso, acho fundamental. Para o consumidor, é muito importante ter consciência daquilo que está a comprar”, considera a produtora, que faz parte do grupo GoFigo. “Já somos nove produtores e estamos juntos precisamente para a comercialização”, conta.
Carmen Azevedo também faz parte do agrupamento GoFigo. Para a produtora torrejana, a feira deste ano promete: “É bom que tenha voltado a este espaço, aqui na Praça 5 de Outubro, que seja um voltar com força”, diz. Na sua bancada sobressai a Pitaya, a fruta do dragão. “É um produto tropical, originário do Vietname, mas que já está a dar provas que também se produz por aqui. É um fruto muito agradável, com pouco açúcar, muito bom para combater o colesterol”, considera a vendedora destacando também o figo-da-índia entre a sua oferta.
Com a ausência do presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira, em França, foi o vice-presidente, Luís Silva, que presidiu à abertura da feira. O tradicional certame, que tem entrada gratuita, conta também com música e boa comida na Praça dos Claras, o local destinado às tasquinhas e ao palco. A Feira Nacional dos Frutos Secos decorre até domingo, 9 de Outubro.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo