Economia | 14-12-2022 07:00

Tomar investe num evento de Natal único no país

Tomar investe num evento de Natal único no país
O Centro Mágico de Natal, instalado na Praça da República, conta com peças exclusivas

Destinado a todos, mas com especial atenção para os mais pequenos, o Centro Mágico de Natal em Tomar apela ao imaginário da quadra com diversas atracções.

Tomar entrega desde o ano passado a uma empresa a organização da feira de Natal, por um valor a rondar os 175 mil euros. Se o evento não fosse considerado artístico, a câmara seria obrigada a abrir concurso público, mas como são eventos “únicos”, as feiras podem ser adjudicadas a empresas por ajuste directo. “Aquilo que exigimos foi exclusividade. As peças utilizadas no nosso evento têm de ser exclusivas, não podem ter sido utilizadas noutro evento ou copiadas de qualquer lado, daí serem peças de autor”, afirmou a O MIRANTE Anabela Freitas, presidente do município de Tomar, durante a inauguração do Centro Mágico do Natal, situado na Praça da República.
“Basta olhar para a árvore de Natal, não existe outra igual no país, tal como a Casa do Pai Natal”, explicou Anabela Freitas. “Sendo peças de autor, criadas exclusivamente para este evento, insere-se naquilo que são os critérios materiais. É arte, alguém teve de idealizar e fazer e a arte paga-se”, afirmou.
Quanto à iluminação, a líder do executivo tomarense informa que essa questão não se aplica a Tomar, uma vez que as luzes são iguais aos procedimentos de outros anos.
Destinado a todos, mas com especial atenção para os mais pequenos, o Centro Mágico de Natal apela ao imaginário da quadra com diversas atracções: a Casa do Pai Natal, a majestosa árvore de Natal com um atelier de duendes, sem esquecer o comboio de Natal e o carrossel parisiense. Quem visita o espaço pode ainda aproveitar para fazer compras ou deliciar-se no mercadinho de Natal.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo