Economia | 07-04-2023 18:00

Burocracia empata investimento de 29 milhões em Alcanede

Burocracia empata investimento de 29 milhões em Alcanede
Eliseu Frazão é o fundador da Fravizel que há anos tenta ampliar as suas instalações em Pé da Pedreira, Alcanede, concelho de Santarém, mas não consegue devido a entraves burocráticos

Fravizel quer ampliar as suas instalações para construir uma nova unidade de fabrico de maquinaria na Zona de Desenvolvimento Económico de Alcanede. Empresa espera há anos que condicionantes sejam desbloqueadas.

Empresa está há anos à espera que sejam desbloqueadas as condicionantes que impedem a construção nos lotes que comprou à Câmara de Santarém. Projecto é financiado pelo PRR, pelo que o tempo urge.

A empresa Fravizel anda há anos a tentar ampliar as suas instalações na Zona de Desenvolvimento Económico de Alcanede, em Pé da Pedreira, mas entraves burocráticos têm impedido a concretização do investimento que ronda os 29 milhões de euros. O objectivo é criar uma nova unidade de fabricação de maquinaria para diversos fins.
Os terrenos em causa, vendidos à empresa pela Câmara de Santarém, têm condicionantes à construção por parte se encontrar em zona de Reserva Ecológica Nacional (REN). A solução deve passar pela publicação da nova delimitação da área do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC) - que se prevê para breve - e da revisão do Plano Director Municipal (PDM) de Santarém, que também está na fase final. A conclusão desses processos permitirá a desafectação da área necessária para construção, mas não é fácil prever um prazo em concreto para que o processo de licenciamento das obras tenha condições para ser aprovado.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo