Economia | 20-07-2023 10:00

Antiga Central Termoeléctrica do Pego vai transformar-se em Zona Livre Tecnológica

Esta é uma das medidas integradas no Plano de Acção para a Transição Digital que vai ser implementado no concelho de Abrantes.

A antiga Central Termoeléctrica do Pego vai receber uma Zona Livre Tecnológica (ZLT). A informação foi dada pelo presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Valamatos, em sessão de assembleia municipal. Este mecanismo permitirá que novos projectos de inovação e desenvolvimento para a produção, armazenamento e auto-consumo de electricidade a partir de energias renováveis possam ser desenvolvidos no local no âmbito do processo de desactivação da central a carvão.
Esta é uma das medidas integradas no Plano de Acção para a Transição Digital, mas assenta também na estratégia de revisão do Plano Nacional de Energia e Clima 2030 (PNEC 2030) publicada pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática e que antecipou em quatro anos a meta de incorporação de energias renováveis na produção de electricidade. O Governo prevê que, a partir de 2026, 80% da energia produzida em território nacional seja de origem renovável, uma meta que anteriormente estava fixada para 2030.
Actualmente existem algumas ZLT em Portugal, que são locais de experimentação que pretendem atrair investigação na área da tecnologia e da ciência facilitando processos e autorizações para projectos-piloto nestes domínios. O Governo definiu que a terceira ZLT vai ser em Abrantes para que possam nascer na região novos projectos de inovação.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo