Economia | 12-02-2024 21:00

Turismo Centro integra 11 redes que procuram valorizar recursos endógenos

Turismo Centro integra 11 redes que procuram valorizar recursos endógenos

Termas, vinhos, queijos, náutica, património romano ou aldeias turísticas são alguns dos temas a que se dedicam as 11 redes colaborativas do Turismo Centro Portugal.

A Turismo Centro Portugal (TCP) integra 11 redes colaborativas da região que submeteram candidaturas a fundos comunitários no âmbito de programa de valorização de recursos endógenos, foi hoje anunciado. Termas, vinhos, queijos, náutica, património romano ou aldeias turísticas são alguns dos temas a que se dedicam as 11 redes colaborativas que a Turismo Centro de Portugal integra e que submeteram candidaturas a fundos comunitários, no âmbito do Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos (Provere) do Centro 2030, afirmou a TCP, em nota de imprensa.

“Estas redes colaborativas, compostas por parceiros de áreas diversas, têm como objectivo primordial valorizar os recursos e o potencial económico dos territórios rurais e de baixa densidade, impulsionando o desenvolvimento regional”, aclarou a Turismo Centro.

Entre as redes que a Turismo Centro integra, estão as Aldeias do Xisto, Aldeias Históricas de Portugal, iNature – Turismo Sustentável em Áreas Classificadas e a Valorização dos Territórios Termais da Região Centro, que representam “fases evolutivas” de edições anteriores do Provere.

A TCP integra também a rede Aldeias de Montanha, que pretende promover a revitalização do espaço rural nas serras da Estrela e da Gardunha, a rede Center-Geoparks, que promove o património geológico dos quatro geoparques do Centro (Estrela, Naturtejo, Oeste e Serra de Aire e Candeeiros) e a rede Portugal Romano, que procura valorizar o património romano presente na região.

Uma fileira dos vinhos das regiões vitivinícolas do Centro, uma rede centrada no turismo náutico no interior da região, a valorização dos queijos qualificados do território e uma rede de quintas Ciência Viva que promova a literacia agrícola e divulgue a inovação no mundo rural são as restantes redes que a TCP integra, referiu. As candidaturas serão agora submetidas à avaliação pelo Programa Regional do Centro.

Citada na nota de imprensa, a vice-presidente da Turismo Centro, Anabela Freitas, sublinhou que a integração naqueles consórcios reforça o compromisso da entidade “com o desenvolvimento regional”. “Acreditamos que estas parcerias reúnem todas as condições para serem aprovadas e que fortalecerão ainda mais a coesão dentro dos territórios do Centro de Portugal”, frisou a ex-presidente da Câmara de Tomar.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo