Economia | 17-02-2024 18:00

Turismo Centro integra 11 redes que procuram valorizar recursos endógenos

Termas, vinhos, queijos, náutica, património romano ou aldeias turísticas são alguns dos temas a que se dedicam as 11 redes colaborativas do Turismo Centro Portugal.

A Turismo Centro Portugal (TCP) integra 11 redes colaborativas da região que submeteram candidaturas a fundos comunitários no âmbito de programa de valorização de recursos endógenos, foi hoje anunciado. Termas, vinhos, queijos, náutica, património romano ou aldeias turísticas são alguns dos temas a que se dedicam as 11 redes colaborativas que a Turismo Centro de Portugal integra e que submeteram candidaturas a fundos comunitários, no âmbito do Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos (Provere) do Centro 2030, afirmou a TCP, em nota de imprensa.
“Estas redes colaborativas, compostas por parceiros de áreas diversas, têm como objectivo primordial valorizar os recursos e o potencial económico dos territórios rurais e de baixa densidade, impulsionando o desenvolvimento regional”, aclarou a Turismo Centro.
Entre as redes que a Turismo Centro integra, estão as Aldeias do Xisto, Aldeias Históricas de Portugal, iNature – Turismo Sustentável em Áreas Classificadas e a Valorização dos Territórios Termais da Região Centro, que representam “fases evolutivas” de edições anteriores do Provere.
A TCP integra também a rede Aldeias de Montanha, que pretende promover a revitalização do espaço rural nas serras da Estrela e da Gardunha, a rede Center-Geoparks, que promove o património geológico dos quatro geoparques do Centro (Estrela, Naturtejo, Oeste e Serra de Aire e Candeeiros) e a rede Portugal Romano, que procura valorizar o património romano presente na região.
Uma fileira dos vinhos das regiões vitivinícolas do Centro, uma rede centrada no turismo náutico no interior da região, a valorização dos queijos qualificados do território e uma rede de quintas Ciência Viva que promova a literacia agrícola e divulgue a inovação no mundo rural são as restantes redes que a TCP integra, referiu. As candidaturas serão agora submetidas à avaliação pelo Programa Regional do Centro.
Citada na nota de imprensa, a vice-presidente da Turismo Centro, Anabela Freitas, sublinhou que a integração naqueles consórcios reforça o compromisso da entidade “com o desenvolvimento regional”. “Acreditamos que estas parcerias reúnem todas as condições para serem aprovadas e que fortalecerão ainda mais a coesão dentro dos territórios do Centro de Portugal”, frisou a ex-presidente da Câmara de Tomar.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo