Economia | 21-03-2024 10:00

Alentejo e Ribatejo apostam na criação de Rede Regional de Turismo Industrial

Alentejo e Ribatejo apostam na criação de Rede Regional de Turismo Industrial
José Manuel Santos

A intenção de criar uma Rede Regional de Turismo Industrial no Alentejo e Ribatejo surge na sequência do trabalho desenvolvido pelo Grupo Dinamizador da Rede Portuguesa do Turismo Industrial.

O Alentejo e Ribatejo vão ter uma Rede Regional de Turismo Industrial, que vai ser preparada e apresentada em 2025, para “combater a sazonalidade” da actividade na região, revelou a Entidade Regional de Turismo (ERT). “Vamos estruturar a rede regional de oferta de turismo industrial e a meta é chegar a Fevereiro de 2025 e apresentarmos, na BTL [Bolsa de Turismo de Lisboa], a Rede Regional de Turismo Industrial do Alentejo e Ribatejo”, revelou à agência Lusa o presidente da ERT, José Santos.
De acordo com o mesmo responsável, “o turismo industrial, pela diversidade das experiências e actividades, é um produto muito interessante, porque permite ajudar naquilo que é o combate à sazonalidade” da actividade turística na região. “O turismo industrial dá muita diversidade, dá muita integração territorial e temos que trazer para cima, de uma forma mais vigorosa, toda esta oferta”, justificou. A intenção de criar uma Rede Regional de Turismo Industrial no Alentejo e Ribatejo surge na sequência do trabalho desenvolvido pelo Grupo Dinamizador da Rede Portuguesa do Turismo Industrial. Trata-se de uma estrutura informal coordenada pelo Turismo de Portugal, que integra as cinco ERT do país, entre as quais a do Alentejo e Ribatejo, assim como a Direcção Regional de Turismo dos Açores, a Associação Portuguesa de Património Industrial e o Roteiro das Minas e Pontos de Interesse Mineiro e Geológico de Portugal.
No Alentejo e Ribatejo são 27 os parceiros que integram esta rede nacional, número que a ERT pretende aumentar com a criação da rede regional. Segundo José Santos, para este ano, está previsto o desenvolvimento de “um guia digital de todas estas experiências e atividades [ligadas ao turismo industrial], assim como uma brochura física”. A par disso, a ERT vai “começar a trabalhar no apoio à comercialização de todas estas experiências”, em conjunto com a Associação das Agências de Viagem de Portugal, visando a sua inserção “em circuitos e programas turísticos mais vastos que possam ser vendidos no Alentejo”.
“Queremos dar maior amplitude de venda destas experiências de turismo industrial, que acabam por ser muito paradigmáticas daquilo que é a diversidade da oferta do turismo do Alentejo”, disse José Santos. A ERT do Alentejo e Ribatejo disse prever apresentar todo este trabalho no mês de Fevereiro do próximo ano, durante a edição de 2025 da BTL.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1659
    10-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1659
    10-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo