Economia | 26-04-2024 18:00

AgroRibatejo: 70 anos a apoiar sector agrícola e industrial

AgroRibatejo: 70 anos a apoiar sector agrícola e industrial
AgroRibatejo assinalou 70 anos e assume uma posição de liderança no mercado

A AgroRibatejo nasceu com uma visão de desenvolvimento que a levou a crescer ao longo dos anos, sendo actualmente uma empresa com um posicionamento de liderança.

Numa festa que juntou amigos, família clientes, fornecedores e funcionários antigos e actuais, o gerente Gonçalo Eloy destacou o espírito empreendedor dos fundadores e a liderança de mão cheia do seu pai.

A AgroRibatejo comemorou 70 anos de existência com uma festa onde juntou família, amigos, clientes, fornecedores e funcionários, dois dos quais foram homenageados pela dedicação à empresa ao longo de dezenas de anos e que agora foram para a reforma. A comemoração decorreu na Quinta do Freixo em Santarém, cidade onde a empresa tem a sua sede. O gerente da empresa, Gonçalo Eloy, destacou o espírito empreendedor dos fundadores, o seu avô José Eloy Godinho, na altura com 41 anos, e João Joaquim Fragoso.
Gonçalo Eloy, enalteceu a dedição dos funcionários e a interacção com clientes e fornecedores. Salientou que gere uma empresa exigente e lembrou a liderança e visão do pai, José Júlio Eloy, falecido em 2022, que vai ser homenageado pela Associação Industrial Portuguesa (AIP) com uma medalha de ouro a título póstumo, segundo anunciou o presidente José Eduardo Carvalho. Os trabalhadores homenageados foram Joaquim José Santos, com 37 anos de casa, e Manuel Picado que entrou na empresa com 15 anos e onde esteve 54 anos da sua vida.
A AgroRibatejo começou a laborar em instalações com 50 metros quadrados e com três funcionários, mas oito anos depois já tinha ampliado o espaço para 300 metros quadrados e em 1975 dispunha de 1500m2 de área. Em 1995 a empresa transferiu-se para a zona industrial com uma área de 4000m2. Os primeiros passos foram dados com representações de algumas marcas e fruto da visão dos empresários que lideraram a empresa e que depressa começaram a ir a feiras internacionais procurar soluções. Algumas marcas conquistadas em contactos em certames noutros países ainda hoje se mantêm como parceiras da AgroRibatejo.
O gerente recordou que o pai foi um gestor de mão cheia, que viu nascer a empresa com 18 anos de idade. “A liderança e a visão do gestor é importantíssima, no entanto os seus colaboradores são fundamentais”, salientou Gonçalo Eloy, realçando que a empresa rodeou-se de pessoas e profissionais fantásticos.
Gonçalo Eloy entregou aos convidados uma peça que marca o momento importante da empresa, na qual está gravada a foto do fundador José Virgílio Eloy a manobrar um tractor de rastos no desfile de máquinas que se realizava na Feira do Ribatejo, presumindo-se que a mesma date de 1976. A empresa, recorde-se, começou por dedicar-se à comercialização de máquinas, peças e acessórios para a grande lavoura e para algumas máquinas de terraplanagem, que na altura eram uma inovação no mercado.
A AgroRibatejo foi uma empresa pioneira em várias áreas e sobretudo na sua visão de mercado e das necessidades do país em termos de equipamentos, transmitindo hoje um posicionamento de liderança, assente na inovação e desenvolvimento. A AGRO-RIBATEJO é líder na venda de peças e acessórios para tractores industriais e agrícolas.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo