Economia | 13-05-2024 15:00

Lucro do Novo Banco sobe 21,8% para 180,7 ME no primeiro trimestre

Entre os aspectos mais relevantes da actividade está a resiliência do produto bancário comercial.

O Novo Banco fechou o primeiro trimestre do ano com um lucro de 180,7 milhões de euros, mais 21,8% face ao período homólogo, de acordo com dados divulgados pela instituição bancária.
“O Banco apresentou um sólido conjunto de resultados em linha com as expectativas. Continuamos a cumprir consistentemente a nossa estratégia, com crescimento sustentado da actividade e dos resultados, e operações eficientes destinadas a apoiar famílias e empresas, ao longo da sua vida”, refere o presidente executivo (CEO) da instituição, Mark Bourke, citado no comunicado do banco.
A margem financeira ascendeu a 299 milhões de euros (246,3 milhões euros no período homólogo), enquanto a taxa da margem financeira foi de 2,88% (2,34% nos mesmos meses do ano passado), “em resultado do ambiente favorável das taxas de juro e da eficiente gestão das taxas de juro dos activos e do custo de financiamento”, indica.
Entre os aspectos mais relevantes da actividade dos três primeiros meses do ano, o banco aponta a resiliência do produto bancário comercial, que ascendeu a 374 milhões de euros, um crescimento de 18,6% quando comparado com o período homólogo.
Os empréstimos a clientes bruto apresentaram um crescimento de 0,8% face a Março de 2023 (+0,4% face a Dezembro de 2023), situando-se em 28,3 mil milhões de euros, dos quais 59% concedidos a empresas, 35% de crédito habitação e 6% de crédito ao consumo e outros, acrescenta o Novo Banco.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo