Especiais | 29-04-2023 16:00

Macrofal assegura o melhor aconselhamento sobre materiais a usar e sua aplicação

Macrofal assegura o melhor aconselhamento sobre materiais a usar e sua aplicação
Manuel Paulo e Paulo Rodrigues são dois dos sócios-gerentes da Macrofal. fotoDR

Empresa grossista com venda ao público de materiais de construção, isolamentos, pavimentos, tectos e acabamentos decorativos tem sede em Santarém e filial em Évora.

Criada em 30 de Março de 1995 como armazém de distribuição de placas de gesso e de toda a cadeia de materiais dedicados a esse segmento dos materiais de construção a Macrofal evoluiu, devido à procura do mercado, para uma oferta mais global que hoje inclui estuques, rebocos, isolamentos diversos, revestimentos e pavimentos flutuantes, sistemas microcimento, capoto, viroc e aquapanel, bem como perfis e material de fixação, ferramentas, acessórios e consumíveis.
Localizada em Santarém e com uma filial em Évora, desde 2009, os seus clientes são, essencialmente, instaladores e empresas de tectos e isolamentos, mas também pequenos empreiteiros e construtoras, sub-empreiteiros de pinturas, estuques e climatização. Mais recentemente criou uma área de exposição, ‘showroom’, para melhorar o atendimento aos muitos particulares que também visitam o armazém
A função da sua equipa de profissionais passa, em grande parte, pela sugestão de materiais e soluções que melhor se adequam às necessidades da procura; ao fornecimento de orçamentos que englobam a totalidade das soluções em vez de apenas preços soltos e ao fornecimento de amostras e fichas técnicas.
Quando se trata de projectistas, além de documentação técnica, a empresa também pode ajudar com descrições para prescrição e cotações de base. Além disso, e sempre que solicitada, a Macrofal promove formação técnica para instalação de materiais, tanto em obra como em sala.
Desde sempre associada a grandes marcas, a Macrofal dispõe de stocks que respondem de forma satisfatória à procura, mas quando se tratam de materiais ou referências específicas tem a sua actividade apoiada numa excelente rede de fabricantes cuja logística permite indicar os prazos de fornecimento. Apenas eventos excepcionais, como escassez pontual de matérias--primas, greves, ou mais recentemente a guerra, podem afectar a resposta da empresa ou os preços.
Os materiais que a empresa comercializa são certificados, mas o que faz a diferença, segundo os seus responsáveis, é a capacidade técnica da sua equipa, garantida pela aposta em formação contínua, em fornecer aconselhamento sobre os materiais mais adequados para a situação específica em que vão ser aplicados e a forma como devem ser instalados.
A empresa tem três sócios-gerentes, dois dos quais com funções executivas na empresa. Manuel Paulo é responsável pela direcção técnica e comercial, e Paulo Rodrigues dirige a logística e armazém. O terceiro elemento, sem funções executivas é Francisco Rodrigues que, em conjunto com Manuel Paulo, fundou a empresa.
Com base na sua experiência, os responsáveis pela Macrofal, consideram que o país ficava a ganhar com uma legislação relativa ao sector da construção mais adequada.
“Relativamente à construção de imóveis, nas questões burocráticas é preciso simplificar e nas questões técnicas é preciso dar mais autoridade aos projectistas e com isso poder
responsabilizá-los enquanto que, ao mesmo tempo, se libertariam as instituições e se facilitariam os processos”, sugerem.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1614
    24-05-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1614
    31-05-2023
    Capa Médio Tejo