Especiais | 29-07-2023 15:00

Divas da Moda Íntima com presença nas feiras e directos online às quintas-feiras

Divas da Moda Íntima com presença nas feiras e directos online às quintas-feiras
ESPECIAL FAZENDAS DE ALMEIRIM
Ana Paula Garcia estreouse a vender em feiras há 30 anos. fotoDR

Ana Paula Garcia é uma vendedora de vestuário que sabe comunicar com os clientes.

Os períodos de confinamento obrigatório devido à Covid-19, revelaram a capacidade de comunicação online da vendedora de roupa Ana Paula Garcia, de Fazendas de Almeirim, mas onde a comerciante se sente melhor, é ao vivo, nas feiras.
Ana Paula Garcia começou a actividade das vendas há 30 anos, quando ficou grávida da filha mais velha e optou por trocar o trabalho que tinha pelas feiras. A primeira filha cresceu naquele ambiente e o mesmo aconteceu com a segunda e, mais tarde, com a terceira, esta última ‘filha do coração’.
Na altura da pandemia estavam em casa e a filha do meio, na altura com 20 anos, teve a ideia de começarem com as vendas online, através de directos nas redes sociais, à quinta-feira às 20h30, que se mantém até hoje. No início a aposta era apenas nas meias, cuecas e soutiens e auto-denominaram-se divas da moda, por serem quatro mulheres.
Com o decorrer do tempo foram introduzindo outros artigos, quer têxtil-lar, quer de vestuário. Hoje em dia, com o calendário das feiras a funcionar em pleno, os directos não assumem a mesma relevância, mas são momentos de grande dinamismo a que vale a pena assistir, e um complemento à presença regular em várias localidades como Marinhais, Santana, Almeirim, Ponte de Sôr. Caldas da Rainha, Peniche e Vialonga, para além de Fazendas de Almeirim, de onde é natural.
Para além disso, com marcação é possível comprar os artigos num espaço contíguo à casa da comerciante, na maior parte dos dias da semana. O próximo passo do percurso de Ana Paula Garcia é um espaço físico fixo, independente da residência, que funcione como ponto de recolha das encomendas feitas online, e como um outro espaço alternativo de negócio, uma vez que não equaciona deixar as feiras.
Até lá o mais gratificante é poder acompanhar várias gerações da mesma família que vão ao seu encontro fazer compras desde o primeiro ano até agora e perceber o carinho com que a reconhecem quando com ela se cruzam, fisicamente, ou através das redes sociais.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo