Especiais | 31-08-2023 12:00

Póvoa de Santa Iria revisita tradições em quatro dias de festa

Póvoa de Santa Iria revisita tradições em quatro dias de festa
ESPECIAL PÓVOA DE SANTA IRIA
Festa em Honra de Nossa Senhora da Piedade decorre de 31 de Agosto a 3 de Setembro

Festa em Honra de Nossa Senhora da Piedade é uma montra de tradições e costumes. Garraiadas, concertos, bênção dos barcos avieiros e devoção à padroeira são alguns dos ingredientes que atraem milhares de pessoas.

A Póvoa de Santa Iria, que durante mais de 300 anos – do século XVI ao século XIX – foi chamada e conhecida como a Póvoa de D. Martinho vai receber a sua maior celebração anual com as Festas em Honra de Nossa Senhora da Piedade, de 31 de Agosto a 3 de Setembro. Uma vez por ano a santa, padroeira da cidade, sai da igreja da Nossa Senhora da Piedade para percorrer as ruas. Este ano a procissão decorre no domingo, 3 de Setembro, e é seguida de eucaristia na igreja Nossa Senhora do Rosário de Fátima. É um dos momentos marcantes dos festejos anuais em que a população reza e faz as suas promessas.
O espaço da Quinta Municipal da Piedade é palco para a actuação de artistas e músicos. No interior da quinta ergue-se um palácio rural, começado a construir na primeira metade do século XVIII, por ordem de D. Pedro de Lencastre, e que hoje em dia alberga a Biblioteca Municipal, uma galeria de exposições, a Loja do Cidadão e a Universidade da Terceira Idade. Ali vão tocar Jorge Guerreiro, Victor Manuel, Pegadinha, Twelve e Mind Outbreak e é onde vão estar também alguns comes e bebes durante os quatro dias da festa.
O cais da Póvoa de Santa Iria é outro dos locais mais apreciados pela população. Foi construído no século XIX, junto ao rio e às salinas, e é apreciado pela beleza natural. A importância do cais esteve sempre directamente relacionada com a actividade piscatória desenvolvida no Tejo sendo ainda hoje utilizado pelos pescadores avieiros. A bênção dos barcos avieiros no Tejo está agendada para dia 2 de Setembro à noite e é uma oportunidade de assistir a um dos momentos religiosos mais bonitos da festa.
A vertente taurina continua a ser apreciada pelos aficionados e tem expressão por altura da festa anual com as garraiadas no espaço exterior à Quinta Municipal da Piedade. Ao longo de quatro dias a cidade vai encher-se de cor, música e convívio. Para muitos é uma oportunidade de rever amigos e convidar familiares para se juntarem à festa.
Com mais de 40 mil e 800 habitantes a União de Freguesias da Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa tem registado um acentuado aumento populacional. São centenas as novas famílias que escolhem morar nesta zona e por isso as festas anuais pretendem ser um momento de afirmação das tradições e costumes.
As colectividades ligadas ao desporto e o movimento associativo dão-se a conhecer através da demonstração das suas actividades ao longo de intensos quatro dias.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo