Especiais | 14-09-2023 12:00

“O início de um novo ano escolar é uma tarefa de todos”

“O início de um novo ano escolar é uma tarefa de todos”
ESPECIAL REGRESSO ÀS AULAS
Ana Gaspar é fundadora e diretora do Colégio Jardinita em Alcanede. fotoDR

“Família e escola devem criar vínculos fortes e ajudar a criança ou jovem a passar por este momento de transição, de forma a transformar o desconhecido em algo conhecido e mais confortável.”

Com a chegada do fim do Verão regressam os entusiasmantes e agitados dias escolares para milhares de crianças e jovens. É a altura ideal para reencontrar amigos, conhecer pessoas novas e voltar à rotina. Mas também de abrandar e pensar no impacto que as decisões dos pais podem ter no futuro dos seus filhos.
Pais, educadores, professores e alunos encontram-se “assoberbados” de preocupações e ansiedades! Todos querem um ano letivo tranquilo e sem surpresas desagradáveis, mas consegui-lo nem sempre é fácil!
O início das aulas e do desconhecido, independente da turma, da idade ou da escola, tem novidades que geram alguns medos e inseguranças - É necessário agilizar para que se possa alcançar um estado de equilíbrio.
O estado de equilíbrio inicia-se com o momento da adaptação escolar e os pais têm um papel fundamental neste processo, contribuindo para o aumento da segurança, confiança e bem-estar associado ao início da escola. Devem reservar algum tempo para um acompanhamento mais próximo dos seus filhos, pois horários e rotinas ainda se estão a estabilizar e novos desafios a iniciar.
Paralelamente às competências académicas, os jovens devem desenvolver competências transversais, de forma a não estarem sobrecarregados com atividades extracurriculares, terem tempo livre para estudar, descontrair, para atividades lúdicas ou mesmo para não fazer nada.
Na minha perspetiva, família e escola devem criar vínculos fortes e ajudar a criança ou jovem a passar por este momento de transição, de forma a transformar o desconhecido em algo conhecido e mais confortável. Esta interação é condição indispensável para uma educação equilibrada.
É importante que se transmita de forma clara e assertiva porque são importantes determinadas atitudes e que é importante assumir responsabilidades. Os pais devem no meu entender ouvir os receios e frustrações dos seus filhos e ter atenção a eventuais alterações comportamentais.
As expectativas devem ser ajustadas diariamente, no entanto é importante que se trabalhe por objetivos.
Um ano letivo pacífico depende muito da forma como iniciou.
O início de um novo ano escolar é uma tarefa de todos.
Desejamos a todos,
um ano maravilhoso!
Colégio Jardinita Ldª - Ana Gaspar .

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo