Especiais | 16-09-2023 07:00

A inteligência artificial na Cardiologia

A inteligência artificial na Cardiologia
ESPECIAL REGRESSO ÀS AULAS
Vítor Paulo Martins - Médico Cardiologista e Arritmologista Clínica do Coração Santarém. fotoDR

“Num estudo recente a IA permitiu prever com uma eficácia de 90% a possibilidade de um segundo enfarte do miocárdio”.

Será que a internet, nomeadamente a inteligência artificial, irá substituir os médicos? Sabemos que as pesquisas na Internet sobre aspetos médicos é muitas vezes enganadora porque, a par de verdades absolutas, tem muitos dados falsos.
É exemplo o tratamento da hipercolesterolemia, em que pretensos médicos expressando opinião negativa sobre a terapêutica das dislipidemias levaram ao abandono destas terapêuticas com consequente aumento de problemas relacionados com a progressão da aterosclerose com aumento da incidência do enfarte agudo do miocárdio, do acidente vascular cerebral e da doença arterial periférica.
De qualquer modo a Internet permitiu a comunicação em Medicina de modo rápido, sendo que as reuniões online, quer sejam workshops, congressos ou reunião de peritos ocorram com os participantes em simultâneo em diversos locais do mundo gerando consensos abrangentes e inovadores.
A inteligência artificial de qualidade controlada por instituições independentes poderá atualizar o conhecimento e melhorar a nossa prática clínica. Assim, num estudo recente, a IA permitiu prever com uma eficácia de 90% a possibilidade de um segundo enfarte do miocárdio. A monitorização contínua de determinados parâmetros como frequência cardíaca, pressão arterial, arritmias e outros itens específicos, através de programas e protocolos já disponíveis, tem permitido antecipar eventos fatais e melhorar a sobrevida e a qualidade de vida.
No entanto não nos podemos esquecer que no centro da decisão estará sempre o seu médico, que se utilizar estas ferramentas, poderá ter muito mais sucesso na prevenção, no aconselhamento e no tratamento.
No entanto o uso da IA não está isenta de riscos sobretudo relacionados com a segurança dos dados e uso dos dados por pessoas não qualificadas. Assim, seja crítico, mas valorize a opinião do seu médico que usa de forma criteriosa os dados tratados pela Inteligência Artificial.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo