Especiais | 30-05-2024 11:00

Agrosport com gabinete exclusivo para soluções em alumínio destinadas à construção civil

Agrosport com gabinete exclusivo para soluções em alumínio destinadas à construção civil
REVISTA DE ARQUITECTURA IMOBILIÁRIO, CONSTRUÇÃO ENERGIA E ENGENHARIA
Paulo Neves, sócio-gerente da Agrosport, com os filhos Rui e Francisco Neves, têm revolucionado o sector da construção civil na região. Foto DR

Empresa de Paulo Neves e Maria Neves, comercializa equipamentos para a construção civil, presta assistência técnica e fabrica cofragens em alumínio

A Agrosport, no Cartaxo, desenvolveu os únicos painéis de cofragem vertical em alumínio do mercado e em Maio deste ano reforçou o seu gabinete de investigação com um engenheiro a tempo inteiro que está a desenvolver novas solucções em alumínio para a construção civil.
Compra e revenda de máquinas e equipamentos para a construção civil, assistência técnica multimarca e fabricação de cofragens em alumínio para muros e pilares, são os alicerces da Agrosport, que tem como clientes alvo construtores civis, principalmente os que trabalham com estruturas.
Actualmente, a Agrosport desenvolve a maior parte do seu trabalho em Portugal, com maior ênfase no Norte, embora também exporte e execute trabalhos para alguns países europeus e africanos, bem como para os Estados Unidos e Caribe.
O início da fabricação das estruturas em alumínio foi um dos momentos mais importantes e desafiantes na vida da empresa, assim como a criação da marca Nebaco, que veio revolucionar a forma de construir estruturas em betão na construção civil. Trata-se de um sistema de painéis modulares em alumínio com revestimento em madeira marítima que permite uma construção rápida, segura e anti-sísmica. A sua forma modular torna-se flexível, possibilitando ultrapassar os maiores obstáculos em obra no momento da construção.
A um nível mais pessoal, Paulo Neves refere que o que lhe deu mais satisfação foi ter garantido a sucessão. "Consegui juntar os meus filhos à empresa, que é o projecto mais importante da minha vida", explica o administrador.
Sem problemas de mão de obra, recebendo até pedidos de trabalho de profissionais que gostariam de integrar a sua equipa, a Agrosport também não tem tido dificuldades na obtenção dos materiais e equipamentos de que necessita. "A nossa política é tentar proporcionar melhor qualidade no trabalho, a nível físico, mental e financeiro, dando valor e recompensando o empenho dos nossos trabalhadores. Quanto às aquisições, optamos por comprar antecipadamente para evitar problemas. Uma única excepção foi o contraplacado marítimo, que é importado da Finlândia, que era dependente da madeira da Rússia, o que criou uma pequena limitação, mas sem grande impacto", explica Paulo Neves.
Numa nota final, a propósito do novo Governo, o gerente da Agrosport recorda que há muitos fundos do Plano de Resolução e Resiliência (PRR) que ainda não estão distribuídos, o que gera expectativa e também incerteza. E acrescenta que o Simplex Urbanístico está a travar muito a construção, nomeadamente as fases iniciais, por ainda não ter o enquadramento jurídico adequado.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo