Entrevista | 01-11-2019 10:00

CEO da Cimpor diz que empresa quer estar mais próxima da população de Alhandra

CEO da Cimpor diz que empresa quer estar mais próxima da população de Alhandra
ENTREVISTA

Luís Alves Fernandes revela que novo dono da cimenteira quer reforçar marca e está preocupado com o ambiente

Numa altura em que a Cimpor em Alhandra promoveu uma corrida de atletismo solidária, uma primeira iniciativa de outras que a empresa quer desenvolver para se aproximar da população do concelho de Vila Franca de Xira, o administrador da empresa fala das pespectivas da fábrica de cimento e dos casos de poluição. Luís Fernandes diz que a empresa não escamoteia situações que já ocorreram de focos de poluição, até porque esta é uma indústria que movimenta pó de um lado para outro.

Luís Fernandes garante que têm sido feitos investimento e outros estão a ser preparados para que não existam problemas. O CEO da empresa, desde 2012, salienta nesta entrevista que o novo dono da cimenteira, o grupo turco Oyak, quer reforçar o nome Cimpor e reavivar o sucesso que a marca já teve a nível internacional.

O administrador da cimenteira refere que há um plano de investimentos a cinco anos para melhorar a eficiência da fábrica e melhorar as condições ambientais. Reconhece que estando a fábrica inserida numa zona urbana há que ter todos os cuidados para garantir o bem-estar da população. “Temos feito e continuamos a fazer muitos investimentos nas questões ambientais e queremos ter uma boa e sã convivência com a população”, salienta.

*Leia a entrevista na edição semanal em papel desta quinta-feira

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1427
    31-10-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1427
    31-10-2019
    Capa Médio Tejo