Entrevista | 13-11-2019 07:00

“O gosto pelas máquinas e pela mecânica veio da infância”

“O gosto pelas máquinas e pela mecânica veio da infância”
IDENTIDADE PROFISSIONAL

Gerente e responsável pela área comercial da HJDP Alimentar, em Montalvo, Daniel Pereira cedo adquiriu o gosto pelas máquinas e pela mecânica na oficina de electricidade e electrónica auto do pai, em Abrantes.

Daniel Pereira, de 34 anos, é o gerente e responsável pela área comercial da HJDP Alimentar, em Montalvo, Constância. O gosto pelas máquinas e pela mecânica foi adquirido desde tenra idade. Natural de Abrantes, aos 10 anos já gostava de passar os tempos livres na oficina de electricidade e electrónica auto do pai.

Entre 2005 e 2012 trabalhou a tempo inteiro com o progenitor e foi na oficina que adquiriu os conhecimentos que mais tarde pôs em prática em empresas de fabrico de equipamentos industriais. Desde jovem a sua grande vontade era trabalhar e ganhar independência financeira. Sempre com o desejo de aprender mais, Daniel é leitor assíduo de publicações sobre gestão e as pesquisas na Internet sobre os diversos protótipos que realiza são uma constante. Foi assim que a sua empresa criou, por exemplo, uma máquina que produz flor de sal sem nunca antes se ter dedicado ao assunto. “Quando nos chega um desafio destes estudamos a fundo cada área com que somos confrontados, até encontrarmos a solução que nos parece ideal. As nossas soluções são sempre à medida do cliente de modo a garantir a máxima rentabilidade e eficiência”, refere o gerente.

Entre os diversos trabalhos desenvolvidos pela HJDP contam-se também equipamentos de sistemas de higienização, sistemas de drenagens, máquinas e equipamentos para o processamento e transformação de alimentos. Os clientes estão um pouco por todo o país e tanto podem ser clientes finais como empresas intermediárias. Os projectos podem vir já feitos, ficando a HJDP responsável apenas pela execução, ou podem ser desenvolvidos pela equipa de Daniel Pereira. Uma equipa que tem crescido e que conta actualmente com 12 colaboradores, apesar das dificuldades confessadas pelo gerente em conseguir mão-de-obra qualificada.

O que também não é fácil de encontrar, confessa-nos, é tempo livre. A trabalhar de segunda a sábado das 08h00 às 21h00, Daniel não tem tempo para as actividades que praticava antes de ser empresário, como o Muay Thai. A única excepção é a “peladinha” que joga todas as quartas-feiras com um grupo de empresários do BNI Estratégia de Abrantes. “Estamos em fase de crescimento e por isso o trabalho é redobrado”, garante Daniel que acalenta a esperança de, dentro de três anos, facturar um milhão de euros por ano.

O site da empresa na Internet é recente, está online desde Setembro, e não é política da casa investir em publicidade. Daniel sabe que a melhor publicidade que a HJDP pode ter é um cliente satisfeito.

O gerente confessa que não tem dois dias iguais na empresa e que passa grande parte do tempo fora, em visitas a clientes e a fábricas, onde observa a maquinaria em funcionamento e onde se inspira para as suas criações.

A HJDP Alimentar iniciou actividade em Março de 2016 no TagusValley em Abrantes, mas o elevado volume de trabalho trouxe a necessidade de instalações com maior dimensão. Em Outubro do ano passado ocupou um pavilhão na Zona Industrial de Montalvo. A curto prazo Daniel pensa aumentar o número de funcionários, fazer obras para crescer em termos de espaço e investir na exportação, através de parceiros que possam representar a marca no estrangeiro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1432
    21-11-2019
    Capa Vale Tejo