Entrevista | 26-05-2021 18:00

Sofia Santos Regueira Almeida Ferreira

Sofia Santos Regueira Almeida Ferreira
AGORA FALO EU
Sofia Santos Regueira Almeida Ferreira (foto DR)

Coordenadora na Casas do Gótico - Mediação Imobiliária, Lda. - 46 anos, Santarém

Qual é a pior coisa que lhe podem fazer?

Há muitas coisas que não gosto que me façam. Uma delas é que traiam a minha confiança.

Ainda há dinheiro para comer fora?

Depende do sítio onde se quer ir, mas não pode ser muitas vezes.

Qual o alimento que não comia nem que lhe pagassem?

Um alimento que não como são bananas. Não consigo. Até o cheiro delas me incomoda.

Quem gostava de convidar para lanchar?

Com a actual situação pela qual estamos a passar esta pergunta é difícil pois estamos privados de quase tudo e de todos, desejosos de conviver. Mas se fosse possível fazê-lo agora escolheria o meu pai porque não estou com ele há muitos meses.

Costuma dar dinheiro a mendigos na rua?

As vezes dou, depende de quem está a pedir e de como o faz. Há situações que me comovem, não gosto de ver crianças e idosos a pedir...

Que conselho daria ao primeiro-ministro?

Que devia ouvir mais o povo para saber avaliar as necessidades do país.

Concorda que se peçam facturas?

Costumo pedir facturas mas nunca com o intuito de participação no concurso. Pedir factura é um dever e um direito de todos.

O que o leva a fazer “zapping” na televisão?

Faço “zapping” quando está a dar um programa que não tem interesse nenhum ou quando a publicidade passa repetidamente. Acho que temos excesso de canais.

Se lhe saísse o Euromilhões qual era a primeira coisa que fazia?

Realizava um sonho que tenho desde criança. Porque só mesmo com o Euromilhões.

Concorda que os políticos usem o Facebook para responderem aos críticos?

Não, não concordo. Acho isso uma falta de ética e de formação.

Usa agenda para planear o seu dia-a-dia?

Tenho agenda e deveria usá-la mais. Profissionalmente dá muito jeito. Há sempre muita coisa para fazer e tratar e é sempre bom ter um auxiliar de memória.

Se pudesse encarnar uma personagem por um dia qual escolheria?

Harry Potter. Gosto de magia e bastava-me um dia para fazer desaparecer algumas coisas desagradáveis.

Que estação do ano prefere?

Na Primavera adoro ver a natureza a florir e no Verão adoro ir à praia.

Como é que vive a época dos Santos Populares?

Já gostei mais de celebrar os Santos Populares. Quando era miúda ia com as minhas amigas ao alecrim para fazer a fogueira à noite, mas essas tradições estão a perder-se, infelizmente.

Já visitou alguma praia fluvial da região?

Sim, já visitei os Olhos de Água, um local muito agradável, onde se pode ter campo e praia e fazer piquenique.

Qual é o seu truque para manter a calma perante um imprevisto?

Manter a calma depende do imprevisto, mas o truque na maioria das vezes é parar e pensar em soluções para resolver a situação.

Qual é o maior desafio para uma colectividade hoje em dia?

Na minha opinião é saberem respeitar-se uns aos outros e aceitarem as opiniões uns dos outros. Acho que há muitas colectividades que deixaram de existir por isso mesmo.

O ensino do fandango devia ser obrigatório nas escolas ribatejanas?

Para não se deixar perder as tradições por que não. Talvez no ensino pré escolar, os pequenos têm mais facilidade de aprender.

Existe algum animal que gostasse de ter e não pode?

Adoro animais, tenho alguns e gostava de ter cavalos. Mas, como os animais requerem atenção e dedicação, é melhor não ter mais nenhum, para não falhar.

A beleza é fundamental?

Desde que seja a beleza interior, essa sim fundamental. Não ligo à beleza exterior, o que nos vale ser bonitos por fora se por dentro somos frios e insensíveis.

Qual o seu prato preferido de bacalhau?

Nos pratos de bacalhau o meu preferido é Bacalhau à Braz.

O Mundo vai ter que falar mandarim ou os chineses é que vão passar a falar inglês?

Acho melhor que os chineses passem a falar inglês. Falar mandarim deve ser muito mais difícil.

Alguma vez deu sangue?

Nunca dei sangue porque tenho fobia a agulhas, mas é uma coisa que gostava de fazer e não está posta de parte. É só ganhar coragem.

Mais Notícias

    A carregar...