Entrevista | 07-12-2022 10:00

Andreia Ribeiro

Andreia Ribeiro
Andreia Ribe. fotoDR

Técnica de Secretariado41 anos, ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima

Alguma vez assistiu a uma tourada ao vivo?
Quando era mais nova lembro-me de ir a touradas com o meu pai. Como criança que era achei fascinante, hoje não iria e muito menos iria com os meus filhos.
É capaz de cantar um fado do princípio ao fim?
Gosto muito de fado, mas o dom do canto não me assiste.
Costuma dar a vez a pessoas mais idosas na fila do supermercado?
Sim, em qualquer lugar ou situação. É uma questão de educação e de respeito. E trata-se do nosso futuro. Um dia também vou ser idosa.
Vale a pena ir votar?
Vale sempre a pena votar. É um dever, um direito e devemos fazer a nossa parte. Se votamos bem ou não…nunca ninguém saberá.
Quantos amigos já tem no Facebook? O que acha das redes sociais?
Tenho 898 amigos no Facebook. Sou adepta das redes sociais. Através delas encontrei muitos amigos, colegas, conhecidos, mas claro que se as redes sociais não forem bem usadas afastam as pessoas.
Conseguia viver sem telemóvel?
Tendo passado metade da minha vida com telemóvel, infelizmente, hoje digo que não viveria sem telemóvel.
O estarmos sempre ligados e contactáveis facilita a vida?
Sim, facilita mas precisamos de estar “desconectados” em alguns momentos e nem nós sabemos quando são esses momentos porque o estar ligado já faz parte do nosso dia-a-dia.
Já alguma vez teve de mudar um pneu do carro?
Sim, como mulher independente, fui ensinada a fazê-lo. A primeira vez que mudei um pneu foi com a minha mãe, de noite!
Lembra-se da última vez que usou a bicicleta como meio de transporte?
Penso que nunca usei a bicicleta como meio de transporte. Usei-a sempre de uma forma desportiva, em lazer.
Já fez alguma viagem de férias a um país estrangeiro?
Em férias já visitei Cabo Verde, México, Espanha, Itália e República Checa. Gostava de voltar a Cabo Verde com a minha família porque está na altura de os meus filhos verem que nem todas as crianças têm a sorte deles.
Era capaz de viver sem música?
Não era capaz de viver sem música. A música faz parte do ser humano, seja em casa, carro, trabalho, férias. A música alivia…
Gosta de lareira?
Adoro lareira. A lareira da casa dos meus avós foi, durante muito tempo, a melhor do mundo.
Ler jornais é saber mais?
Sim, ler jornais em papel é saber mais.
Do que é que sente mais saudades?
Sinto muita saudade das pessoas que me deixaram e a quem não tive a oportunidade de lhes dizer, só mais uma vez, que as amava.
Quem lhe contava histórias quando era criança?
A minha avó contava-me histórias, brincava comigo, riamos e já em adulta chorámos muito juntas.
Gosta de grandes reuniões familiares?
Sou a rainha das programações familiares. Adoro programar reuniões familiares, mas tento que não seja em minha casa.
O que significa a expressão “Gozar a vida”?
Para mim “gozar a vida” significa que devemos viver o hoje, fazer o que nos faz felizes. O amanhã é muito importante, mas só o viverei bem se o hoje for bem vivido.
Como é um dia bem passado?
Um dia bem passado é deitar-me à noite e sentir que naquele dia dei o melhor a mim e a todos os que me rodeiam.
Os programas de culinária da televisão abrem-lhe o apetite?
E dão-lhe vontade de cozinhar?
Sim, mas irrito-me porque nunca consigo fazer aquelas comidas maravilhosas.
Todas as tradições devem ser defendidas?
Todas as tradições devem ser defendidas e respeitadas, mas podemos evoluir e cumpri-las de forma diferente do passado.
Quando tem uma dor de cabeça toma imediatamente um comprimido ou espera que ela passe?
Sou um bocado alérgica a medicação. Só se a dor me incomodar muito é que tomo.
Alguma vez deu sangue?
Nunca dei sangue porque ainda não tive coragem. Mas um dia vou ter.
Já foi vítima de alguma burla?
Não, tentaram mas não conseguiram.
Costuma tapar os números quando está a marcar o código no multibanco?
Não costumo tapar os números quando estou a marcar o código do multibanco. Como a minha avó dizia, “Estamos no cantinho do céu”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo