Especial Feira de Outubro | 29-09-2022 11:59

Semana das tertúlias aqueceu ambiente para a Feira de Outubro

Pela primeira vez a Feira de Outubro foi antecedida de uma semana promovida pelas tertúlias da cidade

Feira de Outubro continua a ter mais procura que oferta de feirantes e artesãos, mas apesar disso o presidente de Vila Franca de Xira não se compromete com o alargamento do certame. Tasquinhas, artesanato, música e esperas de toiros são alguns dos destaques.

A centenária Feira de Outubro de Vila Franca de Xira e o 41º Salão de Artesanato, que terá lugar como habitualmente no Pavilhão do Cevadeiro, estão de volta entre os dias 30 de Setembro e 9 de Outubro e prometem trazer cidade muitos visitantes. Não vai faltar a animação, tasquinhas, música, corridas e esperas de toiros.
A novidade este ano foi a promoção da semana “Tradições e Tertúlias”, promovida pela Associação de Tertúlias Tauromáquicas do Concelho de Vila Franca de Xira, que organizou diversas actividades para a comunidade e que serviu de aquecimento para a feira anual. “Queremos uma Vila Franca de Xira mais viva e dinâmica e com estas iniciativas acreditamos que a cidade as merece”, notou Guilherme Nunes, presidente da associação, na apresentação da Feira de Outubro deste ano, que se realizou na tarde de 21 de Setembro.
O certame que volta a contar com uma centena de feirantes e artesãos de todo o país, que voltam a mostrar o que melhor sabem fazer com peças de metal, madeira, vidro, têxteis, cerâmica e cortiça, entre outros.

Expandir para a Marinha?
O presidente do município, Fernando Paulo Ferreira, lembra que o certame tem o seu espaço e calendário e confirma que voltou a aumentar a procura por parte de feirantes e artesãos chegando a haver uma grande lista de espera para participações provando que o Parque Urbano do Cevadeiro começa a ser pequeno.
No entanto o autarca não se compromete com soluções para o seu alargamento quando questionado sobre essa necessidade. Uma das hipóteses podia passar, por exemplo, pelo aproveitamento dos terrenos municipais que eram da Marinha. O autarca diz que se trata de uma hipótese “super futurista” e que não está em cima da mesa mudar nada no figurino da feira. “Procuramos acolher ao máximo todos os artesãos incluindo os do nosso concelho”, limita-se a dizer.
O cartaz musical da feira inclui nomes como João Adelino, grupo Sabor Flamenco, Sonido Andaluz e grupos de música popular do concelho, como o grupo de música popular da SFRA e os Flor do Trevo, entre outros.
A praça de toiros Palha Blanco vai acolher três corridas de toiros, nos dias 2 (às 17h00), 4 (22h00) e 5 (17h00). No que toca às esperas de toiros vai voltar a existir uma equipa médica de prevenção para acudir aos feridos. “Fizemos a experiência no Colete Encarnado e a resposta que deram foi decisiva por isso vamos novamente ter essa equipa nas ruas”, explica Fernando Paulo Ferreira.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1589
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1589
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo