Foto Galeria | 07-12-2019

Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações

1 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
2 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
3 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
4 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
5 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
6 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
7 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
8 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
9 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
10 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
11 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
12 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações
13 / 13
Livro de Álvaro Ribeiro é um livro político que homenageia as lutas perdidas de gerações

Foi uma tarde de emoções, a do lançamento do livro “O tempo de todas as incertezas”, de Álvaro Ribeiro, pai do presidente da Câmara de Almeirim.

Foi uma tarde de emoções, a do lançamento do livro “O tempo de todas as incertezas”, de Álvaro Ribeiro, pai do presidente da Câmara de Almeirim. O livro, editado pela Rosmaninho, uma chancela de O MIRANTE, resulta de quase sete anos de investigação e de muitas memórias da Guerra Colonial, algumas das quais foram recordadas na sessão que decorreu este sábado no salão nobre da câmara. Para Joana Emídio, representante da editora, este é um livro político e que honra os ex-combatentes.

Joana Emídio realçou que apesar de a intenção de Álvaro Ribeiro não ter sido escrever um livro sobre política, mas para quem o lê é um livro onde estão “todas as lutas perdidas de muitas gerações, de muitos homens que perderam a vida e a família e de muitas pessoas que ainda hoje são vítimas daqueles que não foram à guerra, não sofreram com a guerra e não sabem respeitar o legado do 25 de Abril. E comportam-se com o seu país e com os seus concidadãos como os antigos colonizadores que se serviam da guerra em Africa para enriquecerem e manterem as suas fortunas pessoais”.

Álvaro Ribeiro fez a apresentação do livro no mesmo dia, 7 de Dezembro, em ele e os camaradas de armas desembarcaram em Lisboa, vindos da guerra, há 48 anos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1439
    21-11-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1439
    21-11-2019
    Capa Vale Tejo