Foto Galeria | 20-11-2020

Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém

1 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
2 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
3 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
4 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
5 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
6 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
7 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
8 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
9 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
10 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
11 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
12 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
13 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
14 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
15 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém
16 / 16
Biografia de Bernardo Santareno lançada em Santarém

Obra de José Miguel Noras apresentada no Fórum Actor Mário Viegas.

O livro “Bernardo Santareno da nascente até ao mar”, da autoria de José Miguel Noras, foi apresentado na noite desta quinta-feira, 19 de Novembro, no Fórum Actor Mário Viegas, em Santarém. Uma sessão a repetir na noite desta sexta-feira à mesma hora, novamente com lotação limitada.

A obra sobre a vida e obra do dramaturgo, que nasceu em Santarém há cem anos, tem nota de abertura do general António Ramalho Eanes, prefácio de João Luiz Madeira Lopes, director da revista “Seara Nova”, e posfácio do representante da família de Bernardo Santareno, Joaquim Martinho da Silva. A apresentação da obra esteve a cargo do escritor e diplomata Jacinto Rego de Almeida e da escritora e jornalista Rejane Wilke.

José Miguel Noras, historiador e ex-presidente da Câmara de Santarém, justificou este exaustivo trabalho de investigação como a resposta a um desafio lançado numa reunião de amigos há cerca de cinco anos. Com o trabalho acabado, o autor diz que se sente agora como um porteiro, com a missão de convidar os leitores a entrarem dentro da sua obra.

Seguem-se sessões em Alcanena, no dia 28 de Novembro, às 16h00, no Cine-Teatro São Pedro, bem como em Alcobaça, Almeirim, Alpiarça, Caldas da Rainha, Coimbra, Golegã, Lamego, Lisboa, Nazaré, Porto e Tomar, em datas a anunciar oportunamente.

Bernardo Santareno foi o pseudónimo literário de António Martinho do Rosário, nascido em Santarém em 19 de Novembro de 1920. Licenciou-se em medicina em Coimbra e como médico acompanhou as campanhas de pesca do bacalhau. Uma experiência que serviria de inspiração a muitas das suas obras, como O Lugre, A Promessa e o volume de narrativas Nos Mares do Fim do Mundo.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1483
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo