Foto Galeria | 25-04-2021

Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril

1 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
2 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
3 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
4 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
5 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
6 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
7 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
8 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
9 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
10 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
11 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
12 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
13 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
14 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
15 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
16 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
17 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril
18 / 18
Santarém quer celebrações nacionais do 25 de Abril

Intenção já foi manifestada à Presidência da República, a quem foi pedido o alto patrocínio das comemorações.

Chuva intensa e trovoada antecederam a cerimónia de celebração do 25 de Abril em Santarém, no Jardim dos Cravos, junto à estátua de Salgueiro Maia. Cerca de meia centena de pessoas ouviu o presidente da Câmara de Santarém dizer que quer as comemorações nacionais dos 50 anos da revolução, em 2024, na cidade de onde saiu a coluna de Salgueiro Maia para ajudar a derrubar o antigo regime.

Ricardo Gonçalves disse que escreveu ao Presidente da República pedindo o alto patrocínio das comemorações do cinquentenário da revolução em Santarém, numa altura em que já deve estar concretizado o Museu de Abril e dos Valores Universais, que vai ser instalado no antigo quartel da Escola Prática de Cavalaria.

Durante a sessão, que durou cerca de meia hora, discursaram ainda outras personalidades. Presentes estiveram também Natércia Maia, viúva de Salgueiro Maia, e a neta Daniela. Como habitualmente, foram depositadas flores junto à estátua de Salgueiro Maia e no final cantou-se o “Grândola Vila Morena”.

Mais Notícias

    A carregar...