Foto Galeria | 11-12-2022

Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande

1 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
2 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
3 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
4 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
5 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
6 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
7 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
8 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
9 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
10 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
11 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande
12 / 12
Pessoas e instituições homenageadas pela Junta da Chamusca e Pinheiro Grande

12 personalidades e instituições receberam a medalha de honra da União das Freguesias da Chamusca e Pinheiro Grande pelo papel que tiveram ou continuam a ter na comunidade.

A União das Freguesias da Chamusca e Pinheiro Grande voltou a homenagear figuras e instituições que fazem ou fizeram a diferença na vida das duas localidades. A iniciativa decorreu no salão nobre da autarquia e juntou 12 condecorados.
Rui Martinho, presidente da junta, explicou que a cerimónia pretende demonstrar a gratidão e apreço para com as pessoas e instituições que, com as suas acções, honraram a união das freguesias, “contribuindo para o desenvolvimento e bem-estar da população”.


O primeiro a ser condecorado, a título póstumo, foi o fadista Artur Simões que, “para além da paixão pela música, participou em várias peças de teatro, ajudando a divulgar o nome da Chamusca”. O Grupo Dramático Musical J.N.P. completa este ano um século de existência e também foi distinguido por continuar a “manter-se ao lado da cultura e das tradições da Chamusca”. João Chora, que faz este ano 35 anos de carreira, foi congratulado por ser um “grande fadista cujo nome pontifica no Museu do Fado, junto dos maiores fadistas nacionais”. João Lobato também foi condecorado por ser, entre outras, um dos principais impulsionadores das festas em honra de Santa Maria, no Pinheiro Grande.

João Saramago foi 2º comandante da corporação dos Bombeiros da Chamusca ao longo de duas décadas. Recebeu a medalha também pelo seu papel enquanto presidente da Assembleia Municipal da Chamusca. José Pinhal foi outro dos homenageados pela sua dedicação à cultura, ao desporto e ao movimento associativo. Maria Manuel Salter Cid, conhecida como D. Nani, destacou-se na comunidade enquanto vereadora, membro da junta, presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola, fez parte dos órgãos sociais dos Bombeiros. Foi homenageada a título póstumo. Mariana Cegonho recebeu a medalha por ser um grande talento do basquetebol nacional tendo já chegada à selecção.


Manuel Rufino, comandante dos Bombeiros da Chamusca entre 1977 e 2014, foi homenageado pela “elevada competência e capacidade para o exercício das suas funções”. Manuel José Nalha também foi comandante da corporação durante alguns anos e foi homenageado a título póstumo. Manuel José Aranha foi desportista, apresentador de espectáculos, actor amador, poeta, director associativo e desportivo, dirigente sindical e vereador. Também foi condecorado e muito aplaudido pelos presentes.
Raul Caldeira foi a última personalidade a ser condecorada pela sua dedicação a várias actividades, como tertúlias fadistas, grupos musicais, rádios, imprensa escrita, clube taurino, peças e revistas, entre outras.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo